Skip to main content

RAÍZES e LAÇOS

algumas famílias nordestinas
INÍCIO
FAMÍLIAS
Barros Carvalho
Ancestrais
Gouveia de Barros
Marroquim
PERSONAGENS
ENGENHOS
GENEALOGIA
FOTOS
QUEM SOU
CONTATO

A FAMÍLIA BARROS CARVALHO

FAMÍLIA BARROS CARVALHO - 1956
 
A família Barros Carvalho, reunida em 1955 durante as festividades das Bodas de Diamante de José de Carvalho e Albuquerque (Carvalhinho) e Francisca Gouveia de Barros (Franciquinha). O casal viveu junto por mais de 60 anos.

DA ESQUERDA PARA A DIREITA - EM PÉ:          Edvaldo, Dilermando, Eládio, Gastão de Carvalho e Albuquerque, Leonardo  e Antônio de Barros Carvalho.
DA ESQUERDA PARA A DIREITA - SENTADOS:  Carlos (primogênito), Coronel Carvalhinho, Lúcia de Barros Carvalho - a caçula, Dona Francisquinha, e o Padre Nelson de Barros Carvalho, vigário de Águas Belas, Pernambuco.


ORIGENS NORDESTINAS


A família Barros Carvalho originou na Zona da Mata, em Pernambuco, Brasil, em fins do século XIX e princípios do século XX, mais precisamente em 1896, com o casamento do Coronel José de Carvalho e Albuquerque (Coronel Carvalhinho) e Francisca Gouveia de Barros (dona Francisquinha) - meus avós paternos, ambos descendentes de Albuquerques, Holandas e Cavalcantis. Os ancestrais do Coronel Carvalhinho vieram de Russas, Ceará, oriundos do casamento do Sargento-Mór Portugues Manoel Ribeiro Bessa com a olindense Ana de Holanda Cavalcanti, viúva que ficara de José Tavares Sarmento. Ana pertencia às raízes dos Holanda, Cavalcanti e Albuquerque. 
Os ancestrais de dona Francisquinha vieram da Casa da Tôrre (Costa e Gouveia), dos Cavalcanti de Albuquerque, e dos Rego Barros, de Pernambuco,
O casal viveu algum tempo no engenho Jussaral, em Sirinhaém, o qual pertenceu aos avós maternos do Coronel Carvalhinho, o Tenente-Coronel
João Florentino Cavalcanti de Albuquerque e Antônia Florentina de Albuquerque
 

Mais tarde, a família passou a viver no Engenho Camevou, em Palmares, e no Engenho Santo Antônio, Água Preta, ambos herdados dos pais de dona Francisquinha, Leonardo Orlando de Barros e Francisca Caraciola da Costa Gouveia, os quais foram pais também, do famoso médico e político pernambucano Manoel Gouveia de Barros (mais conhecido simplesmente por Dr. Gouveia de Barros).


 DESCRIÇÃO NO DICIONÁRIO DAS FAMÍLIAS BRASILEIRAS, DE CARLOS EDUARDO BARATA


BARROS CARVALHO 

 
"Família estabelecida em Pernambuco, à qual pertence o Senador Antônio de Barros Carvalho [18.02.1899, Engenho Santo Antônio*, PE - 04.04.1966, Recife, PE], funcionário público e Político. Agente Fiscal do Imposto de Consumo. Inspetor Geral da Fiscalização dos Impostos. Oficial de Gabinete do Ministro da Fazenda. Ministro da Agricultura [1960-1961]. Suplente de Deputado Federal [1946]. Deputado Federal [1951-1955 e 1955-1959], tendo sido, na primeira, o mais votado de Pernambuco. Vice-Líder da maioria da Câmara dos Deputados [1954]. Relator da Comissão de Economia da Câmara dos Deputados do Projeto de Criação da Petrobrás. 1.Secretário da Câmara dos Deputados [1955]. Senador [1959-1966]. Membro da Comissão de Finanças, Constituição e Justiça, Legislação Social e Relações Exteriores do Senado Federal. Líder do PTB no Senado [1962]. Líder da Maioria no Senado [1963]."
 
* NOTA:
Antônio de Barros Carvalho
nasceu às 05:00hs da manhã, em 18/02/1898. no Engenho Camevou, em Palmares, conforme consta no seu Registro Civil de nascimento, lavrado em 28/03/1898 - [Cartório do 1o. Distrito de Palmares - Livro 4-(Set 1897-Set 1900)-Fls 44-Termo 96]. Serviram como testemunhas: Manoel Pereira da Silva e José Francisco Guedes.


DESCENDENTES DO CORONEL CARVALHINHO E D. FRANCISQUINHA


Filhos, Noras e Netos do Coronel Carvalhinho e de dona Francisquinha

   Filhos. netos e noras de José de Carvalho e Albuquerque e Francisca Gouveia de Barros, em foto de 1955 durante a festa de celebração das Bodas de Diamante do casal, na 

  casa de Eládio de Barros Carvalho e Maria de Lourdes Monteiro da Costa e Silva.


                                                         LEIA MAIS