Skip to main content

RAÍZES e LAÇOS

algumas famílias nordestinas
INÍCIO
FAMÍLIAS
PERSONAGENS
ENGENHOS
GENEALOGIA
FOTOS
QUEM SOU
CONTATO
QUEM SOU

Das três perguntas que todos nos fazemos, esta é a mais facil de responder. As outras duas são mais complicadas - de onde vim? e para onde vou?. Com este trabalho estou tentando responder à segunda, dentro das minhas possibilidades e do meu pouco conhecimento sobre genealogia. Me preocupo mais com o conteúdo do que com a técnica e peço perdão aos genealogistas hábeis pelas minhas falhas de leigo.

Meu nome é Delano Marroquim de Barros Carvalho.
 
Sou nordestino de sangue e coração, mas petropolitano de nascimento, fato memorável na minha vida, ocorrido a 1945. Meus pais moravam nesta casinha da foto ao lado, na Rua Guarany, em Valparaíso. Quase em frete, fica a Maternidade onde nasci. Alegro-me por levar no meu sangue um pouco de várias raças, todas emaranhadas nos canaviais pernambucanos, na ribeira do Jaguaribe, Ceará e nas margens do rio Una, em Palmares e Água Preta, Perrnambuco. Me orgulho ainda, por ser da estirpe de valorosos desbravadores que forjaram a bela raza a que pertenço - a raça brasileira.

Pesa nos meus ombros uma grande responsabilidade, auto-imposta, a de tentar preservar a história da minha família - ou diria minhas famílias - porque se tornam muitas à medida que nos aprofundamos na história e nos tempos. Sempre tive interesse em coletar dados da minha familia, mas nunca me havia dedicado a preservá-los. O fato é que nos enterramos nos nossos afazeres diários e raramente nos dedicamos a guardar informações que nada tenham a ver com o presente ou o futuro. O passado passou, mas todos nós algum dia esbarramos naquelas tres perguntinhas - Quem sou? De onde vim? Para onde vou? -
 
- Não há futuro sem o passado!
 
A partir de 1997 comecei a consolidar os dados que sabia dos meus familiares, iniciando com umas listas de parentes preparadas por minha irmãs Gilka e Bertha, Naquela época a internet estava explodindo e tornando cada vez mais fácil a troca de informações e a comunicação instantânea pelos instrumentos de "chat", como o ICQ (I seek you). Foi então que passei a me comunicar com parentes e a descobrir mais detalhes sobre minhas as raizes. Fazia isso nas horas vagas, que eram poucas e a atividade se constituia mais em um hobby. Mas foi quando comecei a levar a coisa a sério e a organizar a informação num programa de genealogia chamado Family Tree Maker, que muito facilitou o trabalho.
 
Em 2007, já aposentado, pude dedicar-me ao projeto em tempo integral e transformá-lo numa verdadeira paixão, que a cada dia mais se aprofunda. Meu consciente e até mesmo o inconsciente estão devotados ao assunto vinte e quatro horas por dia - 24/7. Vejo já alguns frutos dos meus esforços - com mais de 1,200 parentes cadastrados e o estabelecimento do vínculo da minha família paterna com as raizes de Jerônimo de Albuquerque, Arnau de Holanda, Felipe Cavalcanti e outras. Tenho mais dificuldade com a minha raíz materna, mas preliminarmente consegui estabelecer o vinculo das famílias Marroquim e Costa Carvalho com a raiz dos Correia de Almeida, de Barreiros, Água Preta, Palmares e vizinhanças.

 
Minha maior alegria foi receber a contribuição há poucos dias de Maria Engrácia Basto Regis (foto ao lado-em frente ao Cruzeiro do Convento Franciscano, de Serinhaém), minha colaboradora e amiga - prima distante, da raiz
Uchoa. Graças a ela, consegui várias fotos digitais de assentos de casamentos e batismos do Engenho Jussaral, propriedade do meu trisavô paterno, João Florentino Cavalcanti de Albuquerque.
 
Minha maior dificuldade é estar distante de todas as fontes de informação, pois vivo na Florida há mais de 30 anos e raramente vou ao Brasil. Quando ia lá mais frequentemente, não havia ainda despertado em mim essa fome de informação. Tentarei algum dia saciá-la, in-loco. Até lá, estatelado perante o monitor, vou pesquisando o que posso encontrar pela internet.
 
Você deve ter notado que até agora evitei comentar algo sobre a terceira pergunta. Essa ai fica sem resposta ou comentários, pois só saberei quando ouvir o apito to trem, mas se você tiver alguma idéia estou disposto a escutar.
Agradeço imensamente a sua visita a estas páginas.
Delano Carvalho


Esclarecimento:
O objetivo deste site é registrar, preservar e divulgar entre meus familiares e amigos, as informações genealógicas das minhas famílias paterna e materna. Não é uma obra litererária, nem científica, mas uma coletânea de dados que vou registrando, à medida que os vou descobrindo - na esperança de expandí-los e aperfeiçoá-los.