Skip to main content

RAÍZES e LAÇOS

algumas famílias nordestinas
INÍCIO
FAMÍLIAS
Barros Carvalho
Ancestrais
Gouveia de Barros
Marroquim
PERSONAGENS
ENGENHOS
GENEALOGIA
FOTOS
QUEM SOU
CONTATO

ANCESTRAIS E FAMILIARES

Gostaria de agradecer a todos os parentes e amigos que acompanham, prestigiam, valorizam e colaboram com este trabalho, especialmente meus amigos de pesquisas, Ivo Ricardo Wanderley, Maria Engrácia Basto Regis e Clara Lins de Albuquerque, todos também dedicados ávidamente à genealogia. 

ORIGEM DA FAMÍLIA BARROS CARVALHO, DE PERNAMBUCO

BARROS CARVALHO, minha família paterna, pertence aos troncos de Jerônimo de Albuquerque, Arnau de Holanda e Filipe Cavalcanti, com ramificações nas famílias Melo. Vieira de Mello, Leitão, Lira, Sá, Cunha, Bessa, Barros, Rego , Barreto, e tantas outras mais que forjaram a história de Pernambuco. 
 
A família originou na Zona da Mata, em Pernambuco, Brasil, em fins do século XIX e princípios do século XX, com o casamento de José de Carvalho e Albuquerque (Coronel Carvalhinho) e Francisca Gouveia de Barros (dona Francisquinha) - meus avós paternos, ambos descendentes de Albuquerques, Holandas e Cavalcantis. Casaram em 11/01/1896 no Engenho Camevou, em Palmares, Pernambuco, onde permaneceram até 1904. Venderam o engenho ao Coronel José Pihauylino de Mello e estabeleceram residência à Rua Visconde do Rio Branco, No. 43, em Palmares. Posteriormente se transferiram para o Engenho Santo Antônio (na divisa entre Palmares e Água Preta). Com os filhos já adultos, o Coronel Carvalhinho e Dona Francisquinha venderam o Engenho Santo Antônio e foram morar em São Paulo. Os filhos se estabeleceram em Pernambuco, Bahia, Rio de Janeiro e São Paulo, onde florescem os seus descendentes.
 
O Coronel Carvalhinho foi o quinto dos seis filhos resultantes da união de duas famílias tradicionais: Cavalcanti de Carvalho pelo lado paterno e Cavalcanti de Albuquerque pelo lado materno. Os Cavalcanti de Carvalho se originaram em Cimbres, desde a sua criação, nas primeiras familias que ocuparam o Agreste pernambucano, tendo como personagem principal o Comandante do Ararobá, Manoel Leite da Silva, casado com Maria de Araújo Cavalcanti de Albuquerque.

O filho homônimo do casal, Manoel Leite da Silva (ou Manoel Leite da Silva Cavalcanti) casou com Maria Felipa Cavalcanti, cujos ascendentes nos levam aos primeiros Carvalhos que se constituíram entre Cavalcantis, Alburquerques, Andrades, Bezerras Monteiros e outras mais famílias tradicionais de Pernambuco. Entre os treze filhos deste casal nasceu José Cavalcanti de Carvalho, que mais adiante se casaria com Victória de Moura Cavalcanti de Albuquerque, filha de André Cavalcanti de Albuquerque Arcoverde e Úrsula Jerônima Cavalcanti.

José Cavalcanti de Carvalho e Victória de Moura tiveram dez filhos, entre eles Antônio de Carvalho Albuquerque, nascido em 20/04/1818 na Fazenda Barra, em Cimbres. Teria vinte e sete anos, em 1845, quando a Fazenda Barra passou às mãos do Tenente-Coronel João Florentino Cavalcanti de Albuquerque, emigrado de Russas, Ceará.   

João Florentino Cavalcanti de Albuquerque e Antônia Florentina de Albuquerque, ambos naturais da vila de São Bernardo de
Russas, da Província do Ceará, eram primos-irmãos. A mãe dele, Clara Freire da Cunha II era irmã da mãe dela e ambas, eram filhas do cearense Cosme Ribeiro Bessa (filho do Sargento Mor portugues Manoel Ribeiro Bessa e Ana de Holanda Cavalcanti) e sua esposa Catarina Freire da Cunha, pernambucana da Muribeca, filha de José Gomes Chacon e Clara Freire da Cunha I.

As inúmeras secas na região do Vale do Jaguaribe, a libertação dos escravos no Ceará (ocorrida muito antes da Lei Áurea) e muito seguramente o eventual falecimento dos pais de João Florentino em 1840, o forçaram a emigrar para Pernambuco, com a esposa e seus 13 filhos. Deixaram o Ceará carregados por um sem número de escravos, em direção a Pernambuco, onde o clima e as condiçoes sociais eram mais favoraveis.

Se estabeleceram inicialmente em Cimbres (atual Pesqueira), onde já morava um primo do casal, o famoso capitão Budá - Antônio Francisco de Albuquerque Cavalcanti - pai do Cardeal Arcoverde e temido senhor de engenho. Além da Fazenda Barra, João Florentino e Antônia Florentina compraram também as fazendas Catolé e Gavião. Nesta última, que provavelmente pertenceu a José Cavalcanti de Carvalho, montaram residência até que adquiriram o Engenho Jussaral, em Sirinhaém, para onde se mudaram, por volta de 1850. Viveram muitos anos no Jussaral e mais adiante, no Engenho California.

Em 28/07/1858, no Engenho Jussaral, dois filhos de José Cavalcanti de Carvalho e Victória de Moura Cavalcanti de Albuquerque se uniram em casamento com duas filhas do Tenente-coronel João Florentino Cavalcanti de Albuquerque e Antônia Florentina de Albuquerque. Foram eles: Antônio de Carvalho Albuquerque com Antônia Ubaldina Florentina Cavalcanti de Albuquerque; Simeão Correia de Albuquerque com Sophia Florentina Cavalcanti de Albuquerque. Antônio e Antônia passaram a residir no Engenho Jussaral e Simeão e Sophia foram residir no Engenho California.

No Engenho Jussaral, em Sirinhaém, nasceram os seis filhos de Antônio de Carvalho Albuquerque e Antônia Ubaldina Florentina Cavalcanti de Albuquerque, como segue:

 

    • Antônia Ubaldina Florentina de Carvalho, (Dondon) nascida em 03/01/1859

                        Casou com seu primo, João Barbosa de Carvalho Drummond, filho de André de Carvalho Cavalcanti e Maria da

                        Conceição.


                        Victória Josefina Florentina de Carvalho Cavalcanti -nascida em 1862

                        Casou com seu primo, Caetano de Carvalho Drummond, irmão de João Barbosa, acima citado.

                       

    • Maria Ubaldina Florentina de Carvalho, nascida em 1865

                        Casou com Affonso Pacheco de Albuquerque Maranhão, filho de Ignácio Pacheco de Albuquerque Maranhão e
                        Ismênia Alexandrina de Albuquerque Maranhão. 


    • Benvinda Rosa Florentina de Carvalho, nascida em 1866

                        Casou com Áureo Pacheco de Albuquerque Maranhão, irmão de Affonso Pacheco de Albuquerque Maranhão, acima.


    •  
      José de Carvalho e Albuquerque (Coronel Carvalhinho), nascido em 07/04/1870 e batizado em 25/12/1870, sendo
    •   seus padrinhos: João Bento Cavalcanti de Albuquerque e Maria da Conceição.
          
      Casou com Francisca Gouveia de Barros (Francisquinha), filha do coronel Leonardo Orlando de Barros 
          Francisca 
      Caraciola da Costa Gouveia. O Coronel Leonardo foi filho de:
          Manoel de Albuquerque Barros Cavalcanti 
      Ursulina Eufrasina de Castro Sá Barreto.


    • João Florentino de Carvalho, nascido em 1874, em Escada

                        Casou com Feliciana Mergulhão, natural de Belém. Não tiveram descendentes.

 

O Coronel Carvalhinho e Dona Francisquinha receberam como dote do Coronel Leonardo Orlando de Barros, os engenhos Camevou, em Palmares, e Santo Antônio, na divisa de Palmares com Água Preta. No Engenho Camevou nasceram seus primeiros seis filhos. Posteriormente, venderam o Camevou ao Coronel José Piauhylino Gomes de Melo Filho - o qual era casado com Alice Cavalcanti de Gouveia, prima de Francisquinha - e passaram a residir, temporariamente, em Palmares - à Rua Viconde do Rio Branco, onde nasceram mais dois filhos. Eventualmente, a família se transferiu para o Engenho Santo Antônio, onde nasceu a única filha. Nas terras do Engenho Camevou o Coronel Piauhylino implantou a Usina Serro-Azul. Assim ficou constituída a família BARROS CARVALHO:
 
  • Carlos de Barros Carvalho (meu pai)

              1a. esposa: Graziella Marroquim do Nascimento (11 filhos). 2a. esposa: Virgínia Figueiredo de Vasconcelos, sem filhos.

             1a. esposa: Lygia Veloso Freire, 4 filhos; 2a. esposa: Amália Guimarães, 1 filha; relação extra-marital com Maria Inez

             Câmara Teixeira, 1 filha.

  • Leonardo de Barros Carvalho
  •     Casou com Dulce Rosa, gaúcha, e radicaram-se em São Paulo, onde tiveram 2 filhos.

  • Nelson de Barros Carvalho

              Foi Padre, Vigário e Prefeito de Águas Belas, Pernambuco

  • Gastão de Carvalho e Albuquerque

              Casou com Julieta de Borges Carvalho, gaúcha e tiveram 2 filhos - residiram na Bahia, e depois no Rio de Janeiro.

              Gastão teve duas filhas naturais.

  • Edvaldo de Barros Carvalho

              Casou com Eudêna Monteiro da Costa e Silva, com quem teve cinco filhos, no Recife.

  • Eládio de Barros Carvalho

              Casou com Maria de Lourdes Monteiro da Costa e Silva e tiveram três filhos, no Recife

  • Dilermando de Barros Carvalho

              Casou com Clélia da Costa Miranda, com quem teve seis filhos. Residiram no Rio de Janeiro e depois em Goiana.

  • Lúcia de Barros Carvalho (Lúcia Suané)

              Casou com o Professor e pintor paulista Nelson da Nóbrega enão tiveram filhos.

 

Eudêna Monteiro da Costa e SilvaMaria de Lourdes Monteiro da Costa e Silva, acima citadas, eram irmãs, filhas de: Elpídio Monteiro da Costa e Silva e Maria das Dôres Cavalcanti de Albuquerque Maranhão, donos do Engenho Destêrro,

da jurisdição de Igarassú, cujas terras se estendiam até o atual município de Abreu e Lima (na época, povoado de Maricota). 

O citado engenho foi eventualmente desmembrado e repartido entre os herdeiros. Uma terceira irmã, Clarice Monteiro da Costa e Silva, foi casada com Antônio Marroquim do Nascimento, meu tio materno.

 


1. JOSÉ DE CARVALHO E ALBUQUERQUE

PAIS (2-3):

2. ANTÔNIO DE CARVALHO ALBUQUERQUE e
3. ANTÔNIA UBALDINA FLORENTINA CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE.
Ele natural de Cimbres, Pernambuco e ela de Russas, Ceará (radicada em Sirinhaém, Pernambuco).

AVÓS (4-7):

4. JOSÉ CAVALCANTI DE CARVALHO e
5. VICTÓRIA DE MOURA CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE
Pais de 2. Antônio de Carvalho Albuquerque.
Ambos naturais de Cimbres/Pesqueira, Pernambuco.

6. JOÃO FLORENTINO CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE e
7. ANTÔNIA FLORENTINA (CAVALCANTI) DE ALBUQUERQUE
Pais de 3. Antônia Ubaldina Florentina Cavalcanti de Albuquerque.
Ambos naturais de Russas, Ceará e radicados em Sirinhaém, Pernambuco, após 1845.

BISAVÓS (8-15):

8. MANOEL LEITE CAVALCANTI e
9. MARIA FELIPA CAVALCANTI
Ainda por validar como pais de 4. José Cavalcanti de Carvalho.
Ele natural de Pedra e ela provavelmente natural do Cabo, Pernambuco.

10. ANDRÉ CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE (ARCOVERDE) e
11. ÚRSULA JERÔNIMA CAVALCANTI
Pais de 5. Victória de Moura Cavalcanti de Albuquerque.
Ele nascido em Igarassu e ela em Garanhuns - ambos radicados em Cimbres/Pesqueira.
-------------------------------------------------------
12. JOÃO CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE e
13. CLARA FREIRE DA CUNHA II
Pais de 6. João Florentino Cavalcanti de Albuquerque.
Ele natural de Santo Antônio do Tracunhaém, Pernambuco e ela de Russas, Ceará (homônima da sua avó materna).

14. ANTÔNIO VIEIRA DE MELLO LEITÃO e
15. ANA DE HOLANDA CAVALCANTI
Pais de 7. Antônia Florentina (Cavalcanti) de Albuquerque.
Ele natural de Santo Antônio do Tracunhaém, Pernambuco e ela de Russas, Ceará (homônima de sua bisavó paterna).

TRISAVÓS (16-31):

16. MANOEL LEITE DA SILVA e
17. MARIA DE ARAÚJO CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE
Pais de 8. Manoel Leite Cavalcanti.
Ele natural da Ilha do Ferro, no vale do rio São Francisco, zona de Penedo e ela de Recife, Pernambuco.

18. ANTÔNIO DE CARVALHO CAVALCANTI DE ANDRADE e
19. JERÔNIMA LUÍZA BARRETO DE ALBUQUERQUE
Pais de 9. Maria Felipa Cavalcanti.
Ambos provavelmente naturais do Cabo (ele, irmão do 6o. Morgado do Cabo, João Paes Barreto III).

20. SIMEÃO CORREIA DE LIMA e
21. VICTÓRIA DE MOURA BEZERRA CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE
Pais de 10. André Cavalcanti de Albuquerque (Arcoverde).
Ele natural de Sergipe, radicado em Igarassu e ela de Igarassu, Pernambuco.

22. LUIZ CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE e
23. MARIA THEREZA DA SOLEDADE
Pais de 11. Ursula Jerônima Cavalcanti.
Ele natural de Pedra e ela (ainda por pesquisar).
--------------------------------------------------------
24. PEDRO DA CUNHA DE ANDRADE e
25. BRITES CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE
Pais de 12. João Cavalcanti de Albuquerque.
Ele de Santo Antônio de Tracunhaém e ela provavelmente de Goiana, Pernambuco

26. COSME RIBEIRO BESSA e
27. CATARINA FREIRE DA CUNHA
Pais de 13. Clara Freire da Cunha II.
Ele de Russas, Ceará e ela da freguesia de Muribeca (Jaboatão), Pernambuco.

28. JOSÉ VIEIRA DE MELLO e
29. MARIA DE HOLANDA CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE
Pais de 14. Antônio Vieira de Mello Leitão.
Ele de Santo Antônio de Tracunhaém, Pernambuco e ela (ainda por pesquisar)

30. COSME RIBEIRO BESSA e
31. CATARINA FREIRE DA CUNHA
Pais de 15. Ana de Holanda Cavalcanti II.
Ele de Russas, Ceará e ela da freguesia de Muribeca (Jaboatão), Pernambuco.

TETRAVÓS  (32-63):

32. BENTO LEITE DE OLIVEIRA e
33. ASCENSA DA SILVA CAVALCANTI
Pais de 16. Manoel Leite da Silva.

34. MANOEL DE ARAÚJO CAVALCANTI e
35. BRÁSIA CAVALCANTI BEZERRA

Pais de 17. Maria de Araújo Cavalcanti de Albuquerque

36. SEBASTIÃO BEZERRA CAVALCANTI e
37. MARIA MAGDALENA DE CARVALHO
Pais de 18. Antônio de Carvalho Cavalcanti de Andrade

38. ANTÔNIO PAES BARRETO III e
39. MARIA DA AFONSECA BARBOSA
Pais de 19. Jerônima Luiza Barreto de Albuquerque.

40. SIMEÃO CORREIA DE LIMA e
41. ANA DE OLIVEIRA MACIEL
Pais de 20. Simeão Correia de Lima.

42. SALVADOR COELHO DE DRUMMOND e
43. LEONARDA BEZERRA CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE
Pais de 21. Victória de Moura Bezerra Cavalcanti de Albuquerque

44. MANOEL LEITE DA SILVA e
45. MARIA DE ARAÚJO CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE
Pais de 22. Luiz Cavalcanti de Albuquerque.

46. CUSTÓDIO FERREIRA DE CARVALHO e
47. SUZANNA DA SILVA
Pais de 23. Maria Thereza da Soledade.
----------------------------------------------------------------
48. DOMINGOS GONÇALVES FREIRE e
49. LEONOR DA CUNHA PEREIRA
Pais de 24. Pedro da Cunha de Andrade.
Ambos naturais de Pernambuco.

50. CYPRIANO GUIMARÃES e
51. EUGÊNIA CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE
Pais de 25. Brites Cavalcanti de Albuquerque. Origem ainda em pesquisa.

52. MANOEL RIBEIRO BESSA e
53. ANA DE HOLANDA CAVALCANTI
Pais de 26. Cosme Ribeiro Bessa.
Ele natural de Póvoa de Varzim, Porto, Portugal e ela natural de Olinda, Pernambuco, viúva e sem filhos de José Tavares Sarmento. Passaram para Russa, Ceará, por volta de 1728.

54. JOSÉ GOMES CHACON e
55. CLARA FREIRE DA CUNHA
Pais de 27. Catarina Freire da Cunha.
Ambos da freguesia de Muribeca (Jaboatão), Pernambuco.

56. ANTÔNIO VIEIRA DE MELLO e
57. EUGÊNIA FREIRE DA CUNHA
Pais de 28. José Vieira de Mello.
Ambos pernambucanos.

58. INCÓGNITO
59. INCÓGNITA
Pais de 29. Maria de Holanda Cavalcanti de Albuquerque, esposa de José Vieira de Mello.

60. MANOEL RIBEIRO BESSA e
61. ANA DE HOLANDA CAVALCANTI
Pais de 30. Cosme Ribeiro Bessa, já citados.

62. JOSÉ GOMES CHACON e
63. CLARA FREIRE DA CUNHA
Pais de 31. Catarina Freire da Cunha, já citados.

PENTAVÓS (64-95):

64. CHRISTOVÃO DE HOLANDA CAVALCANTI e
65. ANA FREIRE DE AZEVEDO
Pais de 32. Domingos Gonçalves Freire.
Ele natural de Sirinhaém, Pernambuco e ela da freguesia da Muribeca (Jaboatão), Pernmbuco.

66. DIOGO CARVALHO DE SÁ E ALBUQUERQUE e
67. MARIANA DE ANDRADE BEZERRA
Pais de 33. Leonor da Cunha Pereira.
Ambos pernambucanos. Ele provavelmente natural de Goiana (dos Carvalhos de Megaó)

68. INCÓGNITO
69. INCÓGNITA
Pais de 34. Cypriano Guimarães

70. THEODORO LEITÃO DE VASCONCELOS e
71. BRITES CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE
Pais de 35. Eugênia Cavalcanti de Albuquerque.
Ele viveu em São Lourenço da Mata e ela pernambucana, origem ainda por pesquisar.

72. FRANCISCO BARBOSA e
73. JOANA PAES DE ALMEIDA
Pais de 36. Manoel Ribeiro Bessa (ainda por validar).
Ambos naturais de Portugal.

74. CHRISTOVÃO DE HOLANDA CAVALCANTI e
75. ANA FREIRE DE AZEVEDO
Pais de 37. Ana de Holanda Cavalcanti. Já citados.

76. FRANCISCO GOMES CHACON e
77. FLORÊNCIA DE OLIVEIRA
Pais de 38. José Gomes Chacon.
Ele natural de Portugal e ela de Pernambuco.

78. DOMINGOS GONÇALVES FREIRE e
79. LEONOR DA CUNHA PEREIRA
Pais de 39. Clara Freire da Cunha I.

--------------------------------------------------------------------
80. CHRISTOVÃO VIEIRA DE MELLO e
81. ÚRSULA LEITÃO ARNOSO
Pais de 40. Antônio Vieira de Mello.

82. DOMINGOS GONÇALVES FREIRE e
83. LEONOR DA CUNHA PEREIRA
Pais de 41. Eugênia Freire da Cunha.

84. INCÓGNITO
85. INCÓGNITA
Pais de 58. Incógnito
Avós paternos de 29. Maria de Holanda Cavalcanti de Albuquerque, esposa de José Vieira de Mello

86. INCÓGNITO
87. INCÓGNITA
Pais de 59. Incógnita
Avós maternos de 29. Maria de Holanda Cavalcanti de Albuquerque, esposa de José Vieira de Mello

88. FRANCISCO BARBOSA e
89. JOANA PAES DE ALMEIDA
Pais de 60. Manoel Ribeiro Bessa - ainda por validar

90. CHRISTOVÃO DE HOLANDA CAVALCANTI e
91. ANA FREIRE DE AZEVEDO
Pais de 61. Ana de Holanda Cavalcanti, esposa de Manoel Ribeiro Bessa.

92. FRANCISCO DE HOLANDA CHACÓN e
93. FLORÊNCIA DE OLIVEIRA
Pais de 62. José Gomes Chacon, esposo de Clara Freire da Cunha I.

94. DOMINGOS GONÇALVES FREIRE e
95. LEONOR DA CUNHA PEREIRA
Pais de 63. Clara Freire da Cunha I

HEXAVÓS (96-159):

96. JOÃO CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE (O Bom) e sua primeira esposa
97. BERNARDA DE ALBUQUERQUE
Pais de 64. Christovão de Holanda Cavalcanti

98. DOMINGOS GONÇALVES FREIRE e
99. ANA ANTUNES DE AZEVEDO
Pais de 65. Ana Freire de Azevedo

100. FERNÃO CARVALHO DE SÁ e
101. BRITES LINS DE ALBUQUERQUE
Pais de 66. Diogo Carvalho de Sá e Albuquerque

102. INCÓGNITO e
103. INCÓGNITA
Pais de 67. Mariana de Andrade Bezerra

104. INCÓGNITO e
105. INCÓGNITA
Pais de 68. Incógnito
Avós paternos de Cypriano Guimarães.

106. INCÓGNITO e
107. INCÓGNITA
Pais de 69. Incógnita
Avós maternos de Cypriano Guimarães

108. BALTHASAR LEITÃO DE VASCONCELOS e
109. JERÔNIMA DA COSTA
Pais de 70. Theodoro Leitão de Vasconcelos

110. JOÃO CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE (O Bom) e sua segunda esposa
111. SIMOA DE ALBUQUERQUE (FRAGOSO)
Pais de 71. Brites Cavalcanti de Albuquerque

112. INCÓGNITO e
113. INCÓGNITA
Pais de 72. Francisco Barbosa
Avós paternos de 36. Manoel Ribeiro Bessa
 
114. INCÓGNITO e
115. INCÓGNITA
Pais de 73. Joana Paes de Almeida
Avós maternos de 36. Manoel Ribeiro Bessa

116. JOAO CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE (O Bom) e sua primeira esposa
117. BERNARDA DE ALBUQUERQUE
Pais de 74. Christovão de Holanda Cavalcanti.

118. DOMINGOS GONÇALVES FREIRE e
119. ANA ANTUNES DE AZEVEDO
Pais de 75. Ana Freire de Azevedo.

120. MANOEL GOMES CHACON e
121. MARIA SOARES DE MELLO
Pais de 76. Francisco Gomes Chacon
Naturais de Portugal.

122. INCÓGNITO e
123. INCÓGNITA
Pais de 77. Florência de Oliveira.

124. CHRISTOVÃO DE HOLANDA CAVALCANTI e
125. ANA FREIRE DE AZEVEDO
Pais de 78. Domingos Gonçalves Freire.

126. DIOGO CARVALHO DE SÁ E ALBUQUERQUE e
127. MARIANA DE ANDRADE BEZERRA
Pais de 79. Leonor da Cunha Pereira.
----------------------------------------------------------------
128. GONÇALO NOVO DE LIRA e
129. PAULA VIEIRA DE MELLO
Pais de 80. Christovão Vieira de Mello

130. GONÇALO LEITÃO ARNOSO e
131. MARIA LOPES LEITÃO
Pais de 81. Úrsula Leitão Arnoso.

132. CHRISTOVÃO DE HOLANDA CAVALCANTI e
133. ANA FREIRE DE AZEVEDO
Pais de 82. Domingos Gonçalves Freire

134. DIOGO CARVALHO DE SÁ E ALBUQUERQUE e
135. MARIANA DE ANDRADE BEZERRA
Pais de 83. Leonor da Cunha Pereira.

136. INCÓGNITO e
137. INCÓGNITA
Pais de 84. Incógnito
Bisavós paternos de Maria de Holanda Cavalcanti de Albuquerque, esposa de José Vieira de Mello.

138. INCÓGNITO e
139. INCÓGNITA
Pais de 85. Incógnita
Bisavós paternos de Maria de Holanda Cavalcanti de Albuquerque, esposa de José Vieira de Mello.

140. INCÓGNITO e
141. INCÓGNITA
Pais de 86. Incógnito
Bisavós maternos de Maria de Holanda Cavalcanti de Albuquerque, esposa de José Vieira de Mello.

142. INCÓGNITO e
143. INCÓGNITA
Pais de 87. Incógnito
Bisavós maternos de Maria de Holanda Cavalcanti de Albuquerque, esposa de José Vieira de Mello.

144. INCÓGNITO e
145. INCÓGNITA
Pais de 88. Francisco Barbosa e avós paternos de Manoel Ribeiro Bessa

146. INCÓGNITO e
147. INCÓGNITA
Pais de 89. Joana Paes de Almeida e avós maternos de Manoel Ribeiro Bessa

148. JOÃO CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE (O Bom) e
149. BERNARDA DE ALBUQUERQUE
Pais de 90. Christovão de Holanda Cavalcanti

150. DOMINGOS GONÇALVES FREIRE e
151. ANA ANTUNES DE AZEVEDO
Pais de 91. Ana Freire de Azevedo.

152. MANOEL GOMES CHACON e
153. MARIA SOARES DE MELLO
Pais de 92. Francisco Gomes Chacon

154. INCÓGNITO e
155. INCÓGNITA
Pais de 93. Florência de Oliveira

156. CHRISTOVÃO DE HOLANDA CAVALCANTI e
157. ANA FREIRE DE AZEVEDO
Pais de 94. Domingos Gonçalves Freire.

158. DIOGO CARVALHO DE SÁ E ALBUQUERQUE e
159. MARIANA DE ANDRADE BEZERRA
Pais de 95. Leonor da Cunha Pereira.

HEPTAVÓS PATERNOS:

HEPTAVÓS MATERNOS:

OCTAVÓS PATERNOS:

OCTAVÓS MATERNOS:

NONO-AVÓS PATERNOS:


NONO-AVÓS MATERNOS:


DÉCIMOS AVÓS PATERNOS:

DÉCIMOS AVÓS MATERNOS:

 

FAMÍLIA BARROS CARVALHO

A ascendência paterna e materna da família Barros Carvalho está incrustada nas raízes de Jerônimo de Albuquerque, Arnau de Holanda e Felipe Cavalcanti.  Eles três representam também a ponte genealógica que nos conduz até o velho continente, aos costados de Portugal, Espanha, França, Holanda, Alemanha e Inglaterra. Tudo isso com uma pitadinha de sangue indigena do novo mundo - contribuição da índia tabajara Muíra-Ubi, batizada Maria do Espírito Santo Arcoverde.

A genealogia destas nobres raízes já foi elaborada por vários genealogistas e historiadores, desde suas origens européias até, pelo menos, o século XIX, embora existam ainda discrepâncias e falta de dados. Muita documentação foi perdida, principalmente quando os holandeses atearam fogo à vila de Olinda. A tarefa mais difícil é encontrar os vínculos que unem aquelas raizes às famílias modernas - do século XIX em diante.

Depois de muitos anos de pesquisa, tive a felicidade de encontrar o vínculo da família Barros Carvalho com as raízes de Jerônimo de Albuquerque, Felipe Cavalcanti e Arnau de Holanda. Trata-se da olindense ANA CAVALCANTI, ou ANA DE HOLANDA CAVALCANTI - filha de Christovão de Holanda Cavalcanti e Ana Freire de Azevedo, cuja descendência foi pesquisada pelo cearense Francisco Augusto Araújo Lima e publicada no livro "Famílias Cearenses 2 - Bessa e Maia", Editora Quatro, Fortaleza, Primeira Edição 2004. Credito e agradeço ao autor a maioria dos dados referentes à descendência imediata de Manoel Ribeiro Bessa e Ana de Holanda Cavalcanti.


Escolhi exibir aqui a descendência de Arnau de Holanda, por uma simples e lógica razão: ele é o elemento catalizador entre as tres famílias, já que seu filho, Christovão de Holanda Vasconcelos completou o triunvirato através do seu casamento com Catarina Cavalcanti de Albuquerque (há dúvidas se ela tinha ou não o sobrenome Cavalcanti), a qual representa a união da família Cavalcanti com a família Albuquerque. Assim evoluíram as gerações:


TRONCO DE ARNAU DE HOLANDA


  

1 - ARNAU DE HOLANDA (1515 - 1614) 
     Nasceu em Utrecht-Holanda e faleceu em 24/06/1614, em
Olinda, Pernambuco. 
     Casou com:
     BRITES MENDES DE GÓES E VASCONCELOS (1525 - 1620)
     Nasceu
em Lisboa, Portugal e falecu em 19/12/1620, em Olinda, Pernambuco. 
     Tiveram, entre outros:

2 - CRISTÓVÃO DE HOLANDA DE VASCONCELOS (1557 - 1614)
      Nasceu em Olinda, onde faleceu em 01/06/164.
      Casou c. 1579, com:
      CATARINA CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE
      Nasceu c. 1561, filha de Felipe Cavalcanti e Catarina de Albuquerque, esta, filha de Jerônimo de Albuquerque e Maria do Espírito
      Santo Arcoverde (filha do cacique tabajara Ubira-Ubi). 
      Tiveram, entre outros:

3 - CRISTÓVÃO DE HOLANDA DE ALBUQUERQUE (1584 - 1606)
      Nasceu em Olinda, PE e faleceu c. 1606, em Recife, Pernambuco.
      Casou com: 
      CATARINA DA COSTA CALHEIROS
      Nasceu c. 1586, filha de Manoel da Costa Calheiros e Catarina Rodrigues.
      Tiveram, entre outros:

4 - JOÃO CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE, "O BOM" (1607 - 1690)
      Nasceu em Olinda, Pernambuco e faleceu na Freguesia de São Lourenço da Muribara, Pernambuco.
      Casou 2 vezes, a primeira com:
      BERNARDA DE ALBUQUERQUE
      Nasceu em Sirinhaém. Filha de Jorge Teixeira de Albuquerque e Fulana da Rosa - filha de Belchior da Rosa.
      Tiveram:

5 - CHRISTÓVÃO DE HOLANDA CAVALCANTI
      Nasceu em Sirinhaém, Pernambuco.
      Casou com:
      ANA FREIRE DE AZEVEDO
      Filha do portugues DOMINGOS GONÇALVES FREIRE e ANA ANTUNES DE AZEVEDO
      Tiveram, entre outros:
 
6 - DOMINGOS GONÇALVES FREIRE (c. 1680 - c. 1760)
      Sargento-Mór das Ordenanças de Olinda; Tenente-Coronel do Regimento de Cavalaria de Olinda e Recife.
      Casou com:
      LEONOR DA CUNHA PEREIRA (c. 1692-Cc. 1772)
      Filha de DIOGO CARVALHO DE SÁ e MARIANNA DE ANDRADA.
      Pais de, entre outros:
 
7 - PEDRO DA CUNHA DE ANDRADA (c. 1720 - c. 1810)
     Casou com:
     BRITES CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE (c. 1735 - c. 1815)
     Filha de Cypriano Guimarães e Eugênia Cavalcanti de Albuquerque.
     Neta materna de Theodoro (ou Theodósio) Leitão de Albuquerque e Brites Cavalcanti de Albuquerque, e por esta, bisneta de
     João Cavalcanti de Albuquerque, O BOM e sus segunda esposa, Simoa de Albuquerque Fragoso.
     Pais de, entre outros:
 
8 - JOÃO CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE (1775-1859)
     Nasceu na Freguesia de Santo Antônio do Tracunhaém, Pernambuco.
     Casou com:
     CLARA FREIRE DA CUNHA (1769-1859) 
     Nasceu na Vila de São Bernardo de Russas, Ceará.
     Filha de COSME RIBEIRO BESSA e CATARINA FREIRE DA CUNHA.
     Neta paterna de Manoel Ribeiro Bessa e Ana de Holanda Cavalcanti (I)
     Neta materna de Christovão de Holanda Cavalcanti e Ana Freire de Azevedo.
     Ver descendência mais adiante
 
7 - CLARA FREIRE DA CUNHA (I)
     Nasceu na Freguesia da Muribeca, Pernambuco.
     Casou SOB CONTRATO com:
     JOSÉ GOMES CHACON
     Nasceu na Freguesia da Muribeca, Pernambuco.
     Filho de FRANCISCO GOMES CHACON e FLORÊNCIA DE OLIVEIRA.
     Pais de, entre outros:
 
8 - CATARINA FREIRE DA CUNHA (1740-1820)
     Nasceu c. 1740, na Freguesia da Muribeca, Pernambuco. Faleceu c. 1820, na Ribeira do Jaguaribe, Ceará.
     Casou c. 1749 com:
     COSME RIBEIRO BESSA (1734 - 1812) 
     Capitão Comandante do Regimento de Cavalaria Auxiliar do Jaguaribe e Quixeramobim.
     Nasceu em 1734, na Fazenda Joaseiro, Tabuleiro do Norte, Ceará.
     Filho de MANOEL RIBEIRO BESSA e ANA DE HOLANDA CAVALCANTI.
     Foi batizado em 07/03/1734 na Fazenda Joaseiro, tendo como padrinhos:
     Manoel Moreira de Souza e sua mulher Rosa Maria Calado
     Ver descendência mais adiante.
 
7 - EUGÊNIA FREIRE DA CUNHA (1722 - )
     Casou c. 1743, com:
     ANTÔNIO VIEIRA DE MELLO
     Em 1751 serviu de Juiz Vereador em Olinda, conforme relata Borges da Fonseca na Nobiliarchia Pernambucana - pp. 404.
     Notas:
     Eugênia Freire da Cunha foi a primeira esposa de Antônio Vieira de Melo. Ver BF-I - Título de Novos;
     Quando casaram, c. 1743, ela já era viúva de Antônio Cavalcanti de Albuquerque, filho de João Cavalcanti de Albuquerque, o Bom,
     e de sua segunda esposa, Simoa de Albuquerque Fragoso. À página 312 da citada obra, Borges da Fonseca a descreve como
     sendo filha de Domingos Gonçalves Freire e Anna de Azevedo, e mais adiante, à página 314 ele a tem como filha de Domingos
     Gonçalves Freire e Leonor da Cunha Pereira, o que é o mais correto.
     Pais de, entre outros:
 
8 - JOSÉ VIEIRA DE MELLO ( - 1818)
      Senhor do Engenho Pedregulho, em Santo Antônio do Tracunhaém.
      Casou, c. 1763, com:
      MARIA DE HOLANDA CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE
      Ainda não foi possivel validar sua paternidade.
      Pais de, entre outros:
 
9 - ANTÔNIO VIEIRA DE MELLO LEITÃO (c. 1767-C. 1815)
     Nasceu c. 1767, na Freguesia de Santo Antônio do Tracunhaém, Pernambuco e faleceu c. 1747, em Pernambuco.
     Casou em 12/02/1795, na Capela de Nossa Senhora das Brotas, Tabuleiro do Norte, Ceará - dispensado no 4o. grau de
     consanguinidade, com:
     ANA DE HOLANDA CAVALCANTI
     Nasceu em 1744, na Vila de São Bernardo de Russas, Ceará.
     Filha de COSME RIBEIRO BESSA e CATARINA FREIRE DA CUNHA.
     Foi batizada em 27/09/1774, na Capela de Nossa Senhora das Brotas, Tabuleiro do Norte, Ceará
     Foram testemunhas do casamento:
     Coronel Antônio de Holanda Cavalcanti e André Ribeiro Bessa. [Assento no Livro de Russas 4-146v]. 
     (Fonte: Francisco Augusto de Araújo Lima)
     Pais de, entre outros:
 
10 - ANTÔNIA FLORENTINA DE ALBUQUERQUE (1805-1878)
       Ver detalhes mais adiante.
 
6 - ANA DE HOLANDA CAVALCANTI (I) (1689 - 1784)
      Nasceu em 1689 em Olinda
e faleceu em 16/07/1784 no Ceará. Casou com o Sargento-Mór
Portugues 
      MANOEL RIBEIRO BESSA (1674 - 1769).
      Tiveram cinco filhos, entre eles:

7 - COSME RIBEIRO BESSA (1734 - 1812)
      Nasceu em 1734 e faleceu em 1
1/02/1812 na Ribeira do Jaguaribe, Ceará.
      Casou com a pernambucana:
      CATARINA F
REIRE DA CUNHA (1740-1820)
      Nasceu na Freguesia de Muribeca, Pernambuco.
      Filha de José Gomes Chacon e
Clara Freire da Cunha, naturais de Pernambuco.
      Neta materna de Domingos Gonçalves Freire e Leonor da Cunha Pereira, conforme consta no manuscrito deixado por seu irmão,
      Francisco Cavalcanti de Albuquerque.
      Tiveram ao menos três filhos:

8 - José - falecido na infância

8 - CLARA FREIRE DA CUNHA (II) (1769-1859)
      Nasceu em São Bernardo de Russas, Ceará e faleceu em Sirinhaém, Pernambuco
      Assento Eclesial de Óbito na Matriz de Nossa Senhora da Conceição, de Sirinhaém - [Livro de Óbitos 2-(1850-1868)-Fls 108v]:
      Aos oito de Setembro de mil oitocentos e cincoenta e nove faleceu Dona CLARA FREIRE DA CUNHA, sogra (*) do Tenente Coronel
      João Florentino Cavalcanti, com noventa anos de idade e foi sepultada no Convento de São Francisco, desta villa, envolta em
      hábito preto, sendo por mim encomendada, do que para constar mandei fazer este assento que por verdade assinei.
      Vigário Demétrio Jácome de Araújo.

      (*) Este assento indica que ela era sogra do Tenente Coronel João Florentino Cavalcanti - o que deve ser um equívoco.
      Casou com seu primo:
      JOÃO CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE (1775-1840)
      Nasceu em Santo Antônio do Tracunhaém, Pernambuco, filho de:
      Pedro da Cunha de Andrada e Brites Cavalcanti de
Albuquerque;
      neto paterno de
Domingos Gonçalves Freire e Leonor da Cunha
Pereira.
      Tiveram, ao
menos, quatro filhos, todos nascidos em São Bernardo de Russas, Ceará:
 
9 - JOÃO FLORENTINO CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE (1802-1885)
      Nasceu em
09/06/1802, e faleceu em Sirinhaém, Pernambuco, onde foi sepultado no Cemitério do Convento de São Francisco.
      Casou em 1820, na Vila de São Bernardo de Russas, Ceará, com sua prima co-irmã:
      ANTÔNIA FLORENTINA DE ALBUQUERQUE (1805-1878)
      Nasceu em 1805, na Vila de São Bernardo de Russas, Ceará e faleceu em 22/07/1878, em Sirinhaém, Pernambuco.
      Foi sepultada junto ao seu marido, no Cemitério do Convento de São Francisco.
      [Convento de São Francisco, Livro de Óbitos (abr1821-jun1888), Fls. 86v]
      Filha de Ana de Holanda Cavalcanti e Antônio Vieira de Melo Leitão.
      Eram, ambos, bisnetos maternos de Cristovão de Holanda Cavalcanti e Ana Freire de Azevedo e
      sobrinhos-bisnetos maternos de Domingos Gonçalves Freire e Leonor da Cunha Pereira.  Ver descendência mais adiante.
 
9 - Cosme Cavalcanti de Albuquerque (1800-1818)
     Nasceu em 06/07/1800 e faleceu em 06/07/1818, em São Bernardo de Russas, Ceará.
9 - Brites Cavalcanti de Albuquerque (1801-)
      Nasceu em 06/04/1801, em São Bernardo de Russas, Ceará.

9 - Antônia Cavalcanti de Albuquerque (1805 - )
      Nasceu em 1805, em São Bernardo de Russas, Ceará.

8 - ANA DE HOLANDA CAVALCANTI (1774-1840)
      Nasceu em Quixeramobim, Ceará e casou em 12/02/1795 com:
      ANTÔNIO VIEIRA DE MELO LEITÃO (1767-1847)
      Nasceu em 1767 na Freguesia de Tracunhaém, Pernambuco, filho de:
      José Vieira de
Melo e Maria de Holanda Cavalcanti de Albuquerque;
      neto paterno de: Antonio Veira de Melo Leitão e Eugênia Freire da Cunha (esta, filha de Domingos Gonçalves Freire e Leonor da
      Cunha Pereira. Tiveram, ao menos, duas filhas:

9 - Maria (1795-1796)
      Nasceu em 1795 e faleceu em 27/01/1796
 
9 - ANTÔNIA FLORENTINA DE ALBUQUERQUE (1805-1878)
      Nasceu em 1805, em São Bernardo de Russas, Ceará e faleceu em 22/07/1878, em Sirinhaém, Pernambuco.
      Foi sepultada junto ao seu marido, no Cemitério do Convento de São Francisco.
      [Convento de São Francisco, Livro de Óbitos (abr1821-jun1888), Fls. 86v]
      Conforme já dito, casou em 1820 com seu primo co-irmão:
      JOÃO FLORENTINO CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE (1802-1885)
      Em 1845 a família toda emigrou para Cimbres, Pernambuco e posteriormente se transferiram para Sirinhaém.
      Tiveram, ao menos, treze filhos, dos quais já identificamos onze, dez dos quais plenamente validados:

10 - João Florentino Cavalcanti de Albuquerque Filho (1829-1913)
        Nasceu em 24/06/1829 em São Bernardo de Russas, Ceará. Foi batizado em 24/06/1829 na Matriz de Nossa Senhora do
        Rosário, conforme consta no registro dos Mórmons:
        [Index Project Batch # C04194-2. System Origin: Brasil-Easy - Source Film Number 1998246 - Ref. #: v 1, p. 7 - LDS records on
        FamilySearch.org]. 
        Faleceu em 14/05/1913, à Rua Barão de São Borja, 51 - Recife, Pernambuco e foi sepultado no Cemitério de Santo Amaro.
        [Cartório do 2º Distrito, Boa Vista - Livro de Óbitos No. 50-(Abr-Set1913)-Fls 31].
        Em 05/07/1842, consta que era Alferes da 1a. Companhia do 2o. Batalhão da Guarda Nacional de São Bernardo de Russas, CE.
        Casou no Engenho Dromedário, em Sirinhaém, Pernambuco, com:
        Herundina de Siqueira Cavalcanti ( - 1914)
        Nasceu no Engenho Dromedário, filha de José Camello Pessoa de Siqueira Cavalcanti (um dos "20 de Pesqueira", como são
        referidos os filhos de Joaquim Inácio de Siqueira Barbosa e Maria José de Jesus Cavalcanti) e Maria da Penha Cavalcanti, filha do
        Capitão André Cavalcanti de Albuquerque Arcoverde e Úrsula Jerônima Cavalcanti de Albuquerque.
        Herundina faleceu em 28/'01/1914, às 08:30 hs, à Rua Barão de São Borja, 51 - Recife, Pernambuco.
        Registro de Óbito no Cartório do 2º Distrito, Boa Vista, Recife, com Atestado Médico do Dr. João Paulino Marques.
        [Livro de Óbitos Vol. 51-(Set 1913 - Abr 1914)-Fls. 135v-136].
  
        No registro de óbito de João Florentino consta que o casal deixou três filhas, já adultas:

11 - Maria Amélia Cavalcanti de Albuquerque (1854-1934)
        Nasceu em 08/08/1854, no Engenho Dromedário, em Sirinhaém, e faleceu em 27/10/1934, em Recife. 
        Foi sepultada no Cemitério de Santo Amaro, em Recife.
        [Sepultura #26, Santíssimo Sacramento da Boa Vista, Norte. Numero de ordem 7489].
        Formou-se em Medicina no Rio de Janeiro, em 16/01/1892 e foi a primeira médica a exercer a profissão em Pernambuco.
        Casou em 23/09/1897, em Recife, Pernambuco, com o seu primo legítimo:
        Gaspar Florentino Cavalcanti de Albuquerque (1868-1948)
        Nasceu em 1868, em Sirinhaém, Pernambuco e faleceu em 1948, em Recife - filho de:
        Aristides Brasiliense Florentino Cavalcanti de Albuquerque Holanda e Ana Neomísia Cavalcanti Uchoa.
        [Cartório Boa Vista - Livro de Casamentos (Mar1897-Jun1898)-Fls 32-33-Termo 1527].  
        Não consta que tiveram filhos, mas criaram uma sobrinha, Zulmira Cavalcanti de Albuquerque Dalhunte, exímia pianista - cuja
        paternidade ainda não foi possível validar. 
        A Dra. Maria Amélia e Gaspar Florentino se separaram judicialmente, em 19/10/1922, como está averbado no Registro Civil de
        casamento. Gaspar Florentino teve, ao menos, dois filhos de um segundo consórcio com Severina Maria Nery, os quais são
        mencionados mais adiante.
       
11 - Amália Cavalcanti de Albuquerque (ainda em pesquisa)

11 - Delmira Cavalcanti de Albuquerque (ainda em pesquisa)
 
10 - Luiz Florentino Cavalcanti de Albuquerque (1838 - )
        Nasceu em 30/03/1838, na Vila de São Bernardo de Russas, Ceará. Foi batizado em 25/12/1840, na Matriz de Nossa Senhora do
        Rosário, de Russas. Fonte: Assentos de Batismo do arquivo dos Mormons: LDS - Source Film Number 1998246 - Reference V6.
 
10 - Maria Florentina Cavalcanti de Albuquerque (1840 - )
        Nasceu em 10/02/1840, na Vila de São Bernardo de Russas, Ceará. Foi batizada em 25/12/1840, na Matriz de Nossa Senhora do
        Rosário, de Russas. Fonte: Assentos de Batismo do arquivo dos Mormons: LDS - Source Film Number 1998246 - Reference V6.
 
10 - Guilherme Tel Florentino Cavalcanti de Albuquerque
       Casou em 31/07/1867, no Oratório do Engenho de Santo Elias, em Serinhaém, Pernambuco, perante as testemunhas:
       Tenente Coronel João Florentino Cavalcanti de Albuquerque e o Major Antônio Cavalcanti de Carvalho.
       [Matriz de Nossa Senhora da Conceição, de Sirinhaém - Livro de Casamentos No. 2-Fls 189-Termo 76], com:
       Teresa de Sousa Leão Uchoa
       Nasceu em 19/02/1851, no Engenho Jardim, em Sirinhaém, Pernambuco. Faleceu em 12/12/1900, em Recife, Pernambuco.
       [Cartório do 2º Distrito, Boa Vista, Recife - Livro de Óbitos No. 25-(Nov 1900-Jul 1901)-Fls 30v-Termo 25504].
       Filha de João Cavalcanti de Albuquerque Uchoa e Luísa Francisca Cavalcanti de Sousa Leão.
       Neta paterna de Álvaro Barbalho Uchoa Cavalcanti e Francisca de Paula Maria da Conceição Cavalcanti de Albuquerque.
       Neta materna de Antônio de Paula de Sousa Leão e Teresa Victorina Bezerra da Silva Cavalcanti.
       Foi batizada no Oratório do mesmo engenho em 08/02/1859, tendo como padrinhos:
       José Cavalcanti de Albuquerque Uchoa e Thereza de Souza Leão.
       [Matriz de Nossa Senhora da Conceição, de Sirinhaém - Livro de Batismos No. 2-(1814-1867)-Fls. 205v].
       Foram pais de 9 filhos:
 
11 - João de Albuquerque Uchoa Cavalcanti (1873 - )
       Nasceu em 1873, em Sirinhaém, Pernambuco.
       Casou às 16:00 hs., em 19/05/1906, à Rua da Glória, No. 88, Recife, Pernambuco, com:
       Olga Coura de Figueiredo
       Nasceu em 1887, filha de Odorico de Abreu e Lima Figueiredo e Lídia Nair Couro Barreto. Testemunharam o casamento:
       Dr. Sérgio Nunes de Magalhães (pai do Governador Agamenon Magalhães); Dr. Elpídio de Abreu e Lima Figueiredo; Guilherme
       Tel Florentino Cavalcanti de Albuquerque. 
       [Cartório da Boa Vista - Livro de Casamentos No. 18-Fls. 42v-Termo 3814.].
       Tiveram 11 filhos:
 
12 - Paulo de Figueiredo Cavalcanti
        Nasceu em 15/05/1915, no bairro do Arruda, então pertencente à Comarca de Olinda e viveu na Rua dos Prazeres, Boa Vista,
        Recife. Faleceu em 31/05/1995, em Recife, Pernambuco. Foi advogado, professor e político. Casou com:
        Maria Ofélia Velloso Figueiredo.
 
12 - João de Albuquerque Uchoa Cavalcanti Júnior
       Casou com Júlia Carrilho
       Pais de:
 
13 - Fulano Carrilho Uchoa Cavalcanti
 
12 - Nair de Figueiredo Cavalcanti
       Faleceu em 1965.
 
12 - Maria José de Figueiredo Cavalcanti
       Casou com Clóvis de Oliveira Neto.
 
12 - Yvette de Figueiredo Cavalcanti
 
12 - Maria do Carmo de Figueiredo Cavalcanti
       Casou com Alcindo de Sousa Guimarães.
 
12 - Júlio Cesar de Figueiredo Cavalcanti
       Casou com Hilza Guerreiro
 
12 - Pedro de Figueiredo Cavalcanti
       Irmão gêmeo de Luiz de Figueiredo Cavalcanti. Foi dentista e médico.
       Casou com Maria de Lourdes Dornellas Câmara
 
12 - Luiz de Figueiredo Cavalcanti
       Irmão gêmeo de Pedro de Figueiredo Cavalcanti.
       Casou com Alzira Fonseca.
 
12 - Teresa de Figueiredo Cavalcanti
        Faleceu com 11 anos de idade.
 
12 - Maria Auxiliadora de Figueiredo Cavalcanti
        Nasceu em 1932, em Recife, Pernambuco, sob os cuidados da sua prima, Dra. Maria Amélia Cavalcanti de Albuquerque - dois
        anos antes do falecimento da distinguida médica. É formada em Medicina e Direito e radicou-se em São Paulo.
        Casou com o Dr. Gildo Vieira Ramos de Vasconcelos.
        Pais de:
 
13 - Lucy Cavalcanti Ramos Vasconcelos
        É médica, infectologista.
 
13 - Guilherme Cavalcanti Ramos Vasconcelos
        É formado em Direito e História pela PUC. Trabalha como redator e autor da Rede Globo.
 
11 - Guilherme Tel Cavalcanti Filho
 
11 - Antônia Leopoldina Cavalcanti de Albuquerque
       Casou em 21/12/1895, na Matriz de Gameleira, com:
       Francisco Lins de Araújo
       Filho de Luis Inácio da Silva e Maria de Araújo Lins
       Assento de Casamento na Matriz de Sirinhaém - Livro 3-(1891-1896)-Fls 95v.
       Testemunhas: José Romero Cavalcanti e Manoel Francisco de Mello
       Registro Civil de Casamento no Cartório de Gameleira - Livro (Fev 1889 - Fev-1909)-Fls 68-68v-Termo 4 - lavrado em 13/03/1896
       às 16:00 hs, na residência do Escrivão Manoel Francisco de Mello. 
       Testemunhas: José Cavalcanti Rumeiro, Manoel João Lima Santos e José Antônio de Carvalho
       Pais de:
 
12 - Eduardo de Araújo
 
12 - José de Araújo
 
12 - Francisca de Araújo
 
12 - Adila de Araújo
 
12 - Branca de Araújo
 
11 - Maria Luiza Cavalcanti de Albuquerque
        Nasceu em 1879. Em 06/02/1892 morava em Ribeirão e era casada no religioso, quando registrou o casamento civil, com:
        João Baptista de Lima
        Nasceu em 1868. Era comerciante.
        Casamento civil efetuado às 15:30 hs, na rediência de João Baptista de Lima.
        [Registro no Cartório de Gameleira - Livro Casamentos (Fev-1889-Fev 1909)-Fls 30v-31-Termo 1].
        Testemunhas:  Capitão Izidoro de Carvalho Gonçalves da Rocha e o Coronel Ernesto Gonçalves Pereira Lima.
        Juiz: Manoel Wanderley Lins
 
11 - Clara Carolina Cavalcanti
 
11 - Luiz de Albuquerque Uchoa Cavalcanti
       Nasceu em 1883. Também se assinava como Luiz Uchoa Cavalcanti.
       Casou em 1909 em Recife, Pernambuco, com:
       Julieta de Sousa Barros
       Filha de Antônio de Sousa Barros e Joanna Adelaide de Sousa Barros.
       Até 1929, quando nasceu Rubens, o casal teve 11 filhos, 8 em existência:
 
12 - Nadir Uchoa Cavalcanti
       Nadir Cavalcanti de Cerqueira, nome de casada. Nasceu em 1910 e faleceu em 1970.
       Casou com:
       Djalma Bastos Cerqueira
       Filho de Antônio Bastos de Cerqueira e Júlia Cruz Cerqueira
       Pais de:
 
13 - Luiz Cavalcanti Cerqueira
       Nasceu às 15:20 hs hs, em 13/08/1928, à Rua do Herário, 71, em Olinda, Pernambuco
       Foi registrado em 14/08/1928 -Testemunhas: Djalma Cerqueira, Luiz Uchoa Cavalcanti e João Antônio da Paixão
       [Cartório do 1o. Distrito - Livro Nascimentos No. 14-(Jul 1927-Jan 1929)-Fls. Ilegível -Termo 148].
 
12 - Nelson Uchoa Cavalcanti
       Nasceu em 1913 e faleceu em 1993.
       Casou com:
       Yvete Arcan
 
12 - Newton Uchoa Cavalcanti
       Nasceu em 1916 e faleceu em 1875.
       Casou com:
       Sônia Aramari
12 - Nivaldo de Albuquerque Uchoa Cavalcanti
       Nasceu em 15/10/1919, à Rua Coronel Lamenha, No. 189, Recife, Pernambuco.
       Foi registrado em 16/10/1919, sendo testemunhas: Pedro Augusto de Medeiros e José de Sousa Barros. 
       [Cartório do 2º Distrito da Boa Vista, Recife - Nascimentos - Livro (Jul 1919-Abr 1920)-Fls 76v-Termo 827].
       Casou com:
       Marina de Moraes
 
12 - Luiz Uchoa Cavalcanti Filho
       Nasceu em 1821 e faleceu em 1995.
       Casou com:
       Yolanda Botelho
       Pais de:
 
13 - Leonardo Uchoa Cavalcanti
       Casou com:
       Ana Marroquim de Siqueira
 
12 - Reginaldo Uchoa Cavalcanti
       Nasceu em 1923 e faleceu em 1881
       Casou com:
       Marta
 
12 - Rildo de Albuquerque Uchoa Cavalcanti
       Nasceu em 1927 e faleceu em 1996.
       Casou com:
       Francisca Sampaio
       Pais de:
 
13 - ? Cavalcanti
        Pai de:
 
14 - Rosana Cavalcanti
 
12 - Rubens Uchoa Cavalcanti
        Nasceu às 08:00 hs., em 10/11/1929, à Rua do Amparo, No. 227, Olinda, Pernambuco. 
        Foi o décimo primeiro filho do casal.
        Foi registrado em 21/11/1929, sendo testemunhas:  Eugênio de Araújo Correia e Adolpho Lins de Farias.
        [Cartório do 1o. Distrito-Livro Nascimentos No. 15-(Jan 1929-Jun 1931)-Fls. 78-78v-Termo 254].
        Casou com:
        Adalgisa Lenita Andrade
        Pais de:
 
13 - Rubens Uchoa Cavalcanti Júnior
 
12 - Rosilda Uchoa Cavalcanti
       Nasceu em 1931 e faleceu em 2010.
       Casou com:
       Arnaldo Carneiro Neto
        
12 - Rômulo Uchoa Cavalcanti
       Nasceu em 1936.
       Casou com:
      
 
11 - Luíza de Albuquerque Uchoa Cavalcanti
       Conhecida por "Lulú". Nasceu em 1884
 
11 - Henrique de Albuquerque Uchoa Cavalcanti
       Nasceu em 18867. Casou quatro vezes, sendo sua primeira esposa:
       Teresa Henriqueta de Sousa Leão
       Filha de Antônio de Paula de Sousa Leão ( - 1889) e Teresa Victorina Bezerra da Silva Cavalcanti.
       Pais de:
 
12 - Maria Luíza de Sousa Leão Cavalcanti
       Casou com:
       João Afonso Ferreira
       Pais de:
 
13 - Marly Afonso Ferreira
       Nasceu em 28/10/1943
       Casou com:
       Reinaldo Leal de Azevedo
       Filho de Antônio Beloso de Azevedo (1894-1976) e Eunice Valença Leal
       Pais de:
 
14 - Ana Teresa Afonso Ferreira de Azevedo
       Nasceu em 13/02/1964 e faleceu em 1987
 
14 - Reinaldo Leal de Azevedo Filho
       Nasceu em 30/01/1969.
       Casou com:
       Nádia Maria Moura da Silva
       Pais de:
 
15 - Polyana Moura Leal de Azevedo
       Nasceu em 04/04/1884, em Garanhuns, Pernambuco.
 
14 - Ana Luisa Afonso Ferreira de Azevedo
       Nasceu em 1971.
       Casou com:
       ? Cordeiro
       Pais de:
 
15 - Lucas de Azevedo Cordeiro
 
15 - Laura de Azevedo Cordeiro
 
14 - Ana Carolina Affonso Ferreira de Azevedo
       Nasceu em 17/04/1979
 
12 - Maria Teresa de Sousa Leão Cavalcanti
 
12 - Maria João de Sousa Leão Cavalcanti
 
11 - Euthália Uchoa Cavalcanti
        Nasceu em 1891
 
10 - Emília Cornélia Florentina Cavalcanti de Albuquerque
       Casou em 10/06/1881, no Oratório do Engenho California, em Sirinhaém, com:
       Antônio Francisco da Costa Campos
       Comerciante; Segundo Suplente de Juiz; Escrivão de Casamentos do 1o. Distrito de Escada.
       Nasceu em 1860, em Rio Formoso, Pernambuco. Residente à Rua Major João Manoel Pontual, N. 49, em Escada, em 1890.
       Filho de João Francisco da Costa Campos e Marcolina Cezar Bezerra de Vasconcelos
       Registro eclesial de casamento na Matriz de Nossa Senhora da Conceição, de Sirinhaém. Vigário Genuíno Gomes Pereira.
       [Livro 3 - (1879-1900) - Fls 16v-17 - Termo 41].
       Pais de:
 
11 - João Florentino Cavalcanti Campos
        Nasceu em 1882, à Rua Comendador João Manoel Pontual, No. 49, em Escada, Pernambuco
      
11 - Antônio Florentino Cavalcanti Campos
        Nasceu em 1885, à Rua Comendador João Manoel Pontual, No. 49, em Escada, Pernambuco. Casou tres vezes.
        Casou pela segunda vez em 12/04/1922, em Escada, Pernambuco, com:
        Arlinda da Silva Santos
        Nasceu em 1897, em Escada, Pernambuco, onde faleceu em 24/03/1941.
        Filha de Seráphico Joaquim dos Santos e Josephina Amélia da Silva Santos. Foram testemunhas do casamento:
        João Florentino Cavalcanti Campos e Adolpho Gentil de Araújo Costa.
        [Registro de casamento no Cartório do 1º. Distrito de Escada-Livro 3-(Jun 1918-Jun1929)-Fls. 66v-67-Termo 16]
        No registro do segundo casamento, acima citado, consta anotação de que ele casou pela terceira vez, em 30/05/1944, com:
        Anísia da Silva Burgos
 
11 - Maria Amélia Cavalcanti Campos
       Nasceu em 01/01/1894, à Rua Major João Manoel Pontual, No. 49, em Escada, Pernambuco. Foi registrada no Cartório do 1º
       Distrito, em Escada, sendo testemunhas:  João Carlos Cavalcanti de Albuquerque e Manoel Fernandes Serqueira.
       [Livro de Nascimentos Vol. 3, (dez1893-abr1896), Fls. 18-18v-Termo 3].
 
11 - Maria Emília Florentina Cavalcanti Campos
        Nasceu às 19:00 hs., em 04/10/1899, à Rua Major João Manoel Pontual, No. 49, em Escada, Pernambuco. Foi registrada em
        21/01/1890 no Cartório do 1º Distrito de Escada, tendo como padrinhos: Antônio Cesar de Vasconcellos Ribeiro Campos, de 32
        anos e sua senhora Alexandrina Cesar da Costa Campos, de 25 anos.
        [Livro de Nascimentos No. 1-(Jan 1889-Jun 1891)-Fls. 27-Termo 11].
 
10 - Teresa Edeméa Florentina Cavalcanti de Albuquerque
        Casou em 24/06/1880 no Oratório do Engenho Califórnia, em Sirinhaém, Pernambuco, com:
        João Francisco da Costa Campos
        Nasceu em 1834, em Pernambuco. Viúvo de Marcolina Cezar Bezerra Vasconcelos, com quem teve, ao menos, cinco filhos:
        Antônio Francisco da Costa Campos, (acima), o qual casou com Emília Cornélia Florentina, irmã de Teresa Edeméa Florentina.
        João Francisco da Costa Campos
        Filhos de Teresa Edeméa Florentina e João Francisco da Costa Campos:
 
11 - João Florentino Cavalcanti Costa
        Nasceu em 1882, em Escada, Pernambuco.
        Casou em 07/12/1902, em Escada com:
        Ana Fausta Gonçalves da Rocha 
        Nasceu em 1879, no Engenho Santa Rosa, em São Lourenço da Mata, Pernambuco,
        filha de Francisco Xavier Gonçalves da Rocha e Francisca Catharina Gonçalves da Rocha. Foram testemunhas do casamento:
        Pompeu de Carvalho Soares Brandão, João de Barros e Silva, José Pereira de Araújo Ferraz e Manoel da Rosa Lins.
        [Cartório do Primeiro Distrito de Paz de Escada - Livro de casamentos No. 1-Fls 146-146v-Termo 11].
 
11 - Edmundo Florentino Cavalcanti Costa
       Nasceu também em 1882, em Escada, Pernambuco.
       Casou em 23/10/1921, na residência de Francisco de Biase, à Rua Major Pontual, No. 66 - Escada, Pernambuco, com:
       Maria Anunciada de Biase
       Nasceu em 1900, em Pernambuco, filha de:
       Francisco de Biase e Maria José Conti (italianos). Serviram de testemunha do casamento: 
       João Florentino Cavalcanti Costa e Carlos Ramos Sobrinho 
       [Cartório do 1º. Distrito de Escada-Livro de Casamentos No. 3-(Jun 1918-Jun 1929)-Fls 58-58v-T3].
 
11 - Antônio Francisco Cavalcanti Costa 
        Ainda por validar. Foi Segundo Suplente de Juiz de Direito em Escada, em 1905.
 
10 - Sofia Florentina Cavalcanti de Albuquerque
        Nasceu em 1841, em São Bernardo de Russas, Ceará e faleceu em 02/03/1905, em Recife, Pernambuco.
        Laudo Médico da Dra. Amélia Cavalcanti, apresentado por Nicolau Tolentino. Registro de Óbito no Cartório do 2º Distrito, Boa
        Vista, Recife [Livro de Óbitos No. 32-(Fev-Mai 1905)-Fls 45-Termo 667]. No Registro de Óbito consta que deixou três filhas,
        maiores de idade: Maria da Penha Cavalcanti Accioly, Maria da Soledade Correia Monteiro e Emília Cavalcanti Correia
        Nascimento (todas três já casadas, como indicam os sobrenomes).
       
        Casou em em 28/07/1858, no Oratório do Engenho Jussaral, em Sirinhaém, Pernambuco, com: 
        Simião Correia de Albuquerque
        Filho de José Cavalcanti de Carvalho e Vitória de Moura Cavalcanti de Albuquerque. Irmão de Antônio de Carvalho Albuquerque,
        o qual casou no mesmo dia e local com Antônia Ubaldina Florentina Cavalcanti de Albuquerque, irmã de Sofia Florentina, ambas,
        filhas do Tenente-Coronel João Florentino Cavalcanti de Albuquerque e Antônia Florentina de Albuquerque.
        Serviram de testemunhas: João Florentino Cavalcanti de Albuquerque Júnior e André Cavalcanti de Carvalho e Albuquerque
        [Matriz de Nossa Senhora da Conceição Sirinhaém - Livro de Casamentos No. 2-Fls 100-Termo 77] 
        Sophia e Simão foram pais de:
 
11 - Maria da Penha Florentina Cavalcanti de Albuquerque
        Nasceu em 1863, no Engenho Califórnia, Sirinhaém, Pernambuco.
        Batizada em 25/04/1864 no Oratório do Engenho Califórnia pelo Vigário Demétrio Jácome de Araújo, tendo como padrinhos:
        José Cavalcanti de Albuquerque e Antônia Ubaldina Cavalcanti.
        [Matriz de Nossa Senhora da Conceição de Sirinhaém - Livro Batismos No. 8 (1859-1877)-Fls 59v-Termo 238].
 
        Casou pela primeira vez em 23/04/1886, no Engenho Tejupaba, em Sirinhaém, com:
        Antônio Luiz Martins
        Residente em Escada, Pernambuco, filho de Joaquim Luiz Martins e Bernardina Martins das Neves.
        Serviram como testemunhas: Antônio Francisco da Costa Campos e Justino Teixeira de Farias.
        Assento na Matriz de Nossa Senhora da Conceição, de Sirinhaém:
        [Livro de Casamentos No. 3 (1879-1900), Fls. 46v e 47 - termo 64].
 
        Pelo registro de óbito de sua mãe, Sophia Florentina, datado de 02/03/1905, podemos deduzir que Maria da Penha tenha sido
        casada pela segunda vez com alguém da família Accioly, pois seu nome aparece como Maria da Penha Cavalcanti Accioly.
 
        Casou pela terceira vez, às 14:00 hs., em 02/06/1906, à Rua Coronel Sassuna No. 224, São José, Recife, Pernambuco, com:
        José Cesar da Costa Campos
        Nasceu em 1870, filho de João Francisco da Costa Campos e Marcolina Cesar Ribeiro Campos.
        Foram testemunhas: Joaquim da Silva Moreira, 47 anos; Polyodoro Baptista da Costa, 36 anos.
        Signatários: José Clementino Carneiro da Cunha (Juiz), José Fausto de Figueiredo Carneiro, ajudante do escrivão.
        Registro Civil do 2o. Casamento lavrado no Cartório da Boa Vista, em Recife
        [Livro de Casamentos (Set 1905-Jun 1906)-Fls. 92v-93-Termo 3962].
        O registro indica que Maria da Penha tinha trinta e quatro anos quando casou, em 02/06/1906. Nesse caso ela teria nascido em
        1872 e não 1863 como indica o assento de batismo.

b. Sophia Florentina Cavalcanti de Albuquerque
, que casou com Simião Correia de Albuquerque,
irmão de Antônio de Carvalho Albuquerque, acima citado.

 
11 - Maria da Conceição Florentina Correia de Albuquerque
        Nasceu em 1872, no Engenho Califórnia, em Sirinhaém.
        Casou 22/10/1894, na residência de Antônio Francisco da Costa Campos, à Rua Major João Manoel Pontual, em Escada, com:
        Ovídio Accioly Cavalcanti de Albuquerque
        Nasceu em 1871, em Rio Formoso, Pernambuco, filho de:
        Leocádio Francisco Cavalcanti de Albuquerque ( - 1886) e Maria Accioly Santiago Ramos ( - 1891)
        Eram parentes no sexto grau. Ao casarem, em 1894, Ovídio residia no Engenho Tejupeba, em Sirinhaém, e Maria vivia no Sítio
        Bela Vista, em Escada
 
11 - Emília Cavalcanti Correia de Albuquerque
        No Registro de Óbito de sua mãe, é citada como Emília Cavalcanti Correia Nascimento, indicação de que era casada com alguém
        daquele sobrenome.
        Casou com:
        ? Nascimento
 
11 - Antônia Florentina Correia de Albuquerque
       Nasceu no Engenho Califórnia, em Sirinhaém.
       Casou em 01/04/1883 no Engenho Califórnia, em Sirinhaém, com:
       Emiliano Teixeira de Farias
       Filho de Joaquim Francisco de Farias e Joana Maria de Jesus Rego.
       O casamento foi oficiado pelo Vigário Genuíno Gomes Pereira, perante as testemunhas:
       Joaquim Porfírio Alves e Antônio Francisco da Costa Campos. 
       Assento de casamento na Matriz de Nossa Senhora da Conceição, de Sirinhaém:
       [Livro 3 (1879-1900)-Fls. 30v-Termo 65].
 
11 - Maria da Soledade Correia de Albuquerque
       Citada no registro de óbito de sua mãe, em 02/03/1905, com Maria da Soledade Correia Monteiro. Faleceu antes de 1905.
       Casou com:
       ? Monteiro
 
10 - Aristides Brasiliense Florentino Cavalcanti de Albuquerque Holanda
        É provável que tenha nascido em Pesqueira. Faleceu em 1876, em Sirinhaém, Pernambuco, e foi sepultado no Convento de São
        Francisco, conforme assento de óbito na Matriz de Nossa Senhora da Conceição, de Sirinhaém.
        [Livro de Óbitos (Abr 1821-Jun 1888)-Fls. 66v].
        Casou em 11/02/1865 no Oratório do Engenho Quitintuba, em Sirinhaém, com:
        Ana Neomísia Cavalcanti Uchoa
        Filha do Tenente-Coronel Gaspar Cavalcanti de Albuquerque Uchoa e Francisca de Assis Cavalcanti.
        Registro na Matriz de Nossa Senhora da Conceição, de Sirinhaém:
        [Livro de Casamentos No. 2-(1855-1879)-Fls. 162-Termo 5].
        Pais de:
 
11 - Ana Cavalcanti de Albuquerque
        Nasceu em 1867, em Sirinhaém, Pernambuco e faleceu solteira, em 24/05/1890, em sua residência, situada à Praça Maciel
        Pinheiro, No. 7 - 2o. andar. Prestou depoimento do falecimento o seu irmão, Gaspar Florentino Cavalcanti de Albuquerque,
        apresentando atestado médico do Dr. Carneiro da Cunha.
        [Cartório da Boa Vista-Recife - Livro de Óbitos (Nov 1889- Jun 1890)-Fls. 165-Termo 822].
 
11. - Gaspar Florentino Cavalcanti de Albuquerque
        Nasceu em 1868, em  Sirinhaém, Pernambuco e faleceu c. 1948, em Recife.
        Casou em 23/09/1897 em Recife, Pernambuco, com sua prima legítima, a Dra.
        Maria Amélia Cavalcanti de Albuquerque
        Filha de João Florentino Cavalcanti de Albuquerque Jr. e Herundina de Siqueira Cavalcanti.
        O casal se desquitou em 29/10/1922, como está averbado no Registro de Casamento e não consta que tiveram descendentes.
 
        Gaspar Florentino teve, ao menos, dois filhos de um segundo consórcio, com
        Severina Maria Nery:
 
12 - Helena Nery Cavalcanti
       Nasceu em 13/08/1928, em Recife, Pernambuco.
       Residente à Rua Waldemar Lima, 117 - Olinda, em 19/05/1948, quando casou com:
       Manoel Roberto da Silva
       Nasceu em 28/12/1918, em Maragogi, Alagoas.
       Filho de João Roberto da Silva e Joana Maria da Conceição.
       Foram testemunhas do casamento:
       Renato Barbosa da Fonseca - Juiz de Direito; José Nery Cavalcanti, solteiro, 21 anos, funcionário público; João de Mello, 35 anos,
       artista; Anália Lins Santos; Waldemar Manoel da Silva e Cláudio Arthur de Carvalho, escrivão.
       [Cartório do 1o. Distrito de Olinda-Livro de Casamentos No. 21-(Out 1946-Jun 1948)-Fls. 186-186v-Termo 1683].
 
12 - José Nery Cavalcanti
       Nasceu em 1927, já que tinha 21 anos quando serviu de testemunha do casamento de sua irmã, acima descrito.
       Ainda por validar.
 
11 - Aristides Florentino Cavalcanti de Albuquerque Filho
       Nasceu em 1868, em Sirinhaém, Pernambuco e faleceu em 13/04/1877 no mesmo local. Foi sepultado no Convento de São
       Francisco, conforme consta no assento de óbito da Matriz de Nossa Senhora da Conceição, de Sirinhaém.
       [Livro de Óbitos (Abr 1821 - Jun 1888)-Fls. 80v].
 
11 - Francisca Uchoa Cavalcanti de Albuquerque
       Nasceu em 1871, em Sirinhaém, Pernambuco e faleceu em 02/11/1959, de Endraplocania/Demência, no Hospital de Alienados
       do Recife, com laudo do Dr. Arnaldo Marques. Tinha residência à Rua das Ninfas, 341, em Recife.
       [Cartório do 6º Distrito, Graças, Recife - Livro de Óbitos - 03/11/1959 - (Mai 1959-Set 1960)-Fls. 94-Termo 29506].

11 - Antônia Honória Cavalcanti de Albuquerque
       Nasceu em 1875, em Sirinhaém, Pernambuco.
       Casou em 23/04/1898, à Rua Gervásio Pires, 44 - Recife, Pernambuco, com o Dr.
       João Paulino Marques Júnior
       Formou-se em Medicina na Bahia e consta como sendo o primeiro médico negro de Pernambuco. Foi um dos fundadores da
       Faculdade de Medicina do Recife, hoje Faculdade de Medicina de Pernambuco. 
       Nasceu em 1870, em Pernambuco.
       Filho de João Paulino Marques e Maria Francisca Ferreira. Foram testemunhas do casamento:
       Gaspar Florentino Cavalcanti de Albuquerque Júnior - negociante e o Dr. José Octávio de Freitas - médico.
       [Cartório Civil da Boa Vista-Recife - Livro de Casamentos (Mar1897-Jun1898)-Fls. 81v-82-Termo 1658].
       Tiveram vários filhos, todos médicos e catedráticos, entre eles:

12 - Dr. Aluísio Marques (1902 - 1965) 
        Nasceu em 28/04/1902 em Recife e faleceu em 02/01/1965, no Rio de Janeiro.
        Foi Diretor da Casa de Saúde São Vicente, no Rio de Janeiro.
        Casou com:
        Marina Regadas
        Pais de, ao menos, três filhos:

13 - João Paulino Regadas Marques

 
13 - Aloisio Regadas Marques

 
13 - Arnaldo Cavalcanti Marques

12 - Ruy Cavalcanti Marques (Ruy João Marques) 
        Nasceu em 18/01/1917 em Recife, onde faleceu em 12/06/1993. Era mais conhecido como Dr. Ruy João Marques.
        Foi catedrático da Faculdade de Medicina de Pernambuco e pertenceu ao círculo de intelectuais tropicalistas de Gilberto Freyre.
 
12 - Aristides Cavalcanti Marques
        Médico e Professor Catedrático da Faculdade de Medicina do Recife
 
12 - Arnaldo Cavalcanti Marques
        Médico e Professor Catedrático da Faculdade de Medicina do Recife.
 
10 - Clara Florentina Cavalcanti de Albuquerque
        Nasceu na Vila de São Bernardo de Russas, Ceará.
        Casou em 27/12/1855 no Engenho Jussaral, em Sirinhaém, com:
        Álvaro Barbalho Uchoa Cavalcanti
        Filho de Francisco Xavier Cavalcanti Uchoa e Izabel Cavalcanti. Foram testemunhas:
        Tenente-Coronel Gaspar Cavalcanti de Albuquerque Uchoa e o Tenente-Coronel João Florentino Cavalcanti de Albuquerque.
        [Matriz de Nossa Senhora da Conceição, de Sirinhaém - Livro de Casamentos No. 2 - (1855-1879) - Fls. 10v-11].
        Pais de:
 
11 - Antônio Theodósio Barbalho Cavalcanti
        Nasceu em 02/09/1857 no Engenho Jussaral, em Sirinhaém, Pernambuco e ali mesmo batizado em
28/07/1858, tendo como
        padrinhos o Tenente-Coronel João Florentino Cavalcanti de Albuquerque (avô materno) e Izabel Cavalcanti de Albuquerque Lins
        (avó paterna), por procuração dada a Antônia Florentina Cavalcanti de Albuquerque (avó materna).
        [Matriz de Nossa Senhora da Conceição, de Sirinhaém-Livro de Batismos No. 7-(1854-1858)-Fls 181v].
 
 
11 - João Florentino Barbalho Cavalcanti
        Nasceu em 15/01/1858. no Engenho Jussaral, em Sirinhaém, Pernambuco e ali mesmo batizado em
20/02/1860, tendo como
        padrinhos José Cavalcanti Uchoa e Antônia Florentina Cavalcanti de Albuquerque.
        [Matriz de Nossa Senhora da Conceição, de Sirinhaém - Livro de Batismos No. 8-Fls. 11v-Termo 9].
 
11 - Maria Cavalcanti de Albuquerque Uchoa
        Nasceu em Julho de 1859. no Engenho Jussaral, em Sirinhaém, Pernambuco e ali batizada em 20/01/1860, tendo como
        padrinhos Simião Correia de Albuquerque e Sophia Florentina Cavalcanti de Albuquerque.
11. - José Florentino Barbalho Cavalcanti
 
10 - ANTÔNIA UBALDINA FLORENTINA CAVALCANTE DE ALBUQUERQUE
        Nasceu na Vila de São Bernardo de Russas, Ceará e faleceu em Palmares, Pernambuco.
        Casou em 28/07/1858, no Engenho Jussaral, em Sirinhaém, com seu primo, o Major
        ANTÔNIO DE CARVALHO ALBUQUERQUE
        Filho de JOSÉ CAVALCANTI DE CARVALHO e VITÓRIA DE MOURA CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE.
        Vitória de Moura foi filha de André Cavalcanti de Albuquerque Arcoverde (de Igarassu) e
        Úrsula Jerônima Cavalcanti de Albuquerque natural de Garanhuns; era neta paterna de Simeão Correia de Lima e Vitória de
        Moura Bezerra Cavalcanti, a qual era filha de Salvador Coelho de Dormont (ou Drummond) e Leonarda Bezerra Cavalcanti de
        Albuquerque; seus avós maternos foram Luiz Cavalcanti de Albuquerque (filho de Manoel Leite da Silva e Maria Bezerra de
        Araújo Cavalcanti), casado com Maria Teresa da Soledade (filha de Custódio Ferreira de Carvalho e outra Maria Teresa da
        Soledade.
        Antônia Ubaldina Florentina Cavalcanti de Albuquerque e Antônio de Carvalho Albuquerque tiveram, ao menos, seis filhos:
 
11 - Victória Josefina Florentina de Carvalho Cavalcanti
        Nasceu c. 1858, no Engenho Jussaral, em Sirinhaém, Pernambuco.
        Casou em 01/12/1877, na Matriz de Nossa Senhora da Conceição dos Montes de Palmares, com:
        Caetano de Carvalho Drummond
        Filho de André de Carvalho Cavalcanti e Maria da Conceição Cavalcanti.
        A cerimônia foi celebrada pelo Vigário Manoel Tertuliano Figueiredo, tendo como testemunhas:
        André Cavalcanti de Carvalho e Joaquim Ildefonso da Matta Silveira.
        [Matriz de N. Sra da Conceição dos Montes - Casamentos 1877-Fls 81v]
        Notar que André de Carvalho Cavalcanti, pai do noivo, era irmão de Antônio de Carvalho e Albuquerque, pai da noiva.
        Victória Josefina e Caetano tiveram, ao menos, três filhos:
 
12 - Maria Cavalcanti de Carvalho Drummond
        Nasceu em 7/05/1879, em Palmares, Pernambuco, onde foi batizada em 23/12/1879, tendo como padrinhos:
        João Barbosa de Carvalho Drummond e Antônia Florentina de Carvalho.
        [Matriz de Nossa Senhora da Conceição dos Montes-Livro 5-(Mar 1880-Nov 1881)-Fls 200].
        Casou em 26/02/1905, em Palmares, com:
        Temístocles de Aguiar
        Filho de Temístocles Canuto de Aguiar e Albânia Leal de Aguiar.
        Foram testemunhas do casamento: José de Carvalho e João Sabino.
        [Matriz de N. Sra. da Conceição dos Montes, Livro de Casamentos No. 9-fls. 25v-Termo 41]
 
12 - Antônio Cavalcanti de Carvalho Drummond
        Nasceu em 12/1880, no Engenho Catuama, em Palmares, Pernambuco, onde foi batizado pelo Vigário Manuel Tertuliano de
        Figueiredo, em 24/02/1881, na residência de seus avôs maternos e padrinhos, o Sr. Antônio de Carvalho Albuquerque e Antônia
        Ubaldina Florentina Cavalcanti.
        [Matriz de Nossa Senhora da Conceição dos Montes-Livro 5-(Mar 1880-Nov 1881)-Fls 116v-117].
 
12 - Victória Cavalcanti de Carvalho Drummond
        Nasceu em Maio de 1882, em Palmares, Pernambuco, onde foi batizada pelo Vigário Manoel Tertuliano de Figueiredo, em
        22/10/1882, no Oratório da residência de João Barbosa de Carvalho Drummond., tendo como padrinhos:
        Agustinho da Silva Leal e Sophia Perpétua de Freitas Leal, representados por seus procuradores:
        José Cereso de Magalhães Bastos e Philadelphia Lins.
        [Matriz de Nossa Senhora da Conceição dos Montes-Livro 6-(Out 1881-Jan 1881)-Fls 114].
 
11 - João Florentino de Carvalho 
        Nasceu no Engenho Jussaral, em Sirinhaém e faleceu no Rio
de Janeiro, solteiro, sem descendentes.
        Foi testemunha de casamento da sua irmã Bemvinda Rosa Florentina de Carvalho.

11 - Maria Ulbaldina Florentina de Carvalho
        Nasceu em 1865 no Engenho Jussaral, em Sirinhaém, onde foi batizada em 16/05/1867, tendo como padrinhos:
        João Florentino Cavalcanti de Albuquerque Júnior e sua esposa Herundina Florentina Cavalcanti de Albuquerque, por procuração
        apresentada por Aristides Florentino Cavalcanti de Albuquerque e Emília Cornélia Florentina Cavalcanti de Albuquerque.
        [Matriz de Nossa Senhora da Conceição - Livro de Batismos 2 - Fls. 83]
        Casou às 19:00 hs., em 19/09/1891, à Rua Visconde do Rio Branco, Palmares, Pernambuco, com:
        Affonso Pacheco de Albuquerque Maranhão
        Nasceu em 1860 em Nazaré da Mata, negociante, filho de:
        Ignácio Pacheco de Albuquerque Maranhão e Fermina Alexandrina de Albuquerque Maranhão.
        O ato civil foi oficiado pelo Coronel Ignácio Matheus de Almeida, quarto Juiz de Paz, em exercício, e testemunhado pelo
        Bacharel Manoel Henrique Wanderley e sua esposa Joanna Francelina de Barros Barreto; Vicente
Lins de França Pereira e
        Bemvinda de Carvalho Cavalcanti (irmã da nubente).
        Também assinaram o Registro o Tenente-Coronel João Florentino Cavalcanti de Albuquerque (avô materno da nubente) e
        Antônio de Carvalho Albuquerque (pai da nubente).
        [Cartório de Registro Civil do Primeiro Distrito de Palmares - Livro 1-(Jan 1889-Jul 1897)-Fls 61, 61v-Termo 32].

11 - Benvinda Rosa Florentina de Carvalho
        Nasceu em 1866, no Engenho Jussaral, em Sirinhaém, onde foi batizada em 16/05/1867, tendo como padrinhos:
        Simião Correia de Albuquerque e Thereza Edeméia Florentina Cavalcanti de Albuquerque.
        [Matriz de N. Sra. da Conceição - Livro de Batismos 2-Fls 83].
        Casou em 14/09/1907, à Rua da Conceição, No. 21 - Recife, com:
        Áureo Pacheco de Albuquerque Maranhão
        Nasceu em, em Pernambuco, filho de:
        Ignácio Pacheco de Albuquerque Maranhão e
Fermina Alexandrina de Albuquerque Maranhão. Serviram de testemunhas:
        Affonso Pacheco de Albuquerque Maranhão, 47 anos, residente na Boa Vista; João Florentino de Carvalho, 32 anos, residente em
        Recife, e Adércio Pacheco de Albuquerque Maranhão. Juiz: João Severiano Carneiro da Cunha.
        [Cartório da Boa Vista - Livro de Casamentos No. 18-(Dez 1906-Out 1907)-Fls 94-Termo 4238].

11 - Antônia Ubaldina Florentina de Carvalho (Dondon)    
        Nasceu em 03/01/1859, no Engenho Jussaral, em Sirinhaém, onde foi batizada em 20/01/1860, tendo como
padrinhos: 
        José de Carvalho Cavalcanti e Antônia Florentina Cavalcanti de Albuquerque.

        [Matriz de Nossa Senhora da Conceição, de Sirinhaém - Livro 8 (1859-1877)-Fls. 11-11v-Termo 8].
        Faleceu em Tejipió, Pernambuco c. 1949.

        Casou em 28/07/1877, em Palmares, Pernambuco, com seu primo: 
        João Barbosa de Carvalho Drummond
        Filho de André de Carvalho Cavalcanti e Maria da Conceição.
        Foram testemunhas: João Florentino Júnior e Antônio Ferreira dos Santos.
        [Matriz de Nossa Senhora da Concenição dos Montes, de Palmares - Livro de Casamentos - 1877-Fls. 78v-79]

11 -JOSÉ DE CARVALHO E ALBUQUERQUE
       Nasceu em 07/04/1870, no Engenho Jussaral, em Sirinhaém, e faleceu c. 1960, em São Paulo.
       Foi batizado em 25/12/1870, no Oratório do Engenho Califórnia, tendo como padrinhos:
       João Bento Cavalcanti de Albuquerque e Maria da Conceição Cavalcanti de Albuquerque.
       [Matriz de Nossa Senhora da Conceição, de Sirinhaém - Livro de Batismos Livro No. 8 (1859-1877), Fls. 175v].
       Casou em 11/01/1896, em
Palmares, Pernambuco, com: 
          FRANCISCA GOUVEIA DE BARROS
        Nasceu em 31/03/1880, em Palmares e faleceu c. 1969, em São Paulo.
        Filha do Coronel Leonardo Orlando de Barros e de Francisca Caraciollis da Costa Gouveia. Serviram de testemunhas:
        Antônio de Carvalho Albuquerque e Antônia Ubaldina Florentina Cavalcanti; Maria Adélia de Barros; Maria Francisca da Silva.
        Assinaram o termo de casamento:
        Advogado Manoel Henriques Wanderley, 35 anos; José Rogoberto de Barros, 46 anos; José Abílio de Barros; José de Castro Paes
        Barreto e Leonardo Orlando de Barros.
        [Cartório do 1o. Distrito de Palmares - Livro de Casamentos - Fls. 164v-165-165v-Termo 5].
        José de Carvalho e Albuquerque Francisca Gouveia de Barros tiveram oito filhos e uma filha, e foram os progenitores da família
        pernambucana BARROS CARVALHO, da atualidade. Dos filhos do casal, sobrevive apenas a artísta plástica, Lúcia de Barros
        Carvalho (Lúcia Suané - nome artístico).
        A descendência completa do casal é apresentada separadamente.
 

 FONTES
-- Registros Eclesiais de Palmares, Sirinhaém e Barreiros
-- Registros Civis e Eclesiais - disponíveis em http://www.pilot.familysearch.org
-- Nobiliarchia Pernambucana - Vol I e II - Antônio José Victoriano Borges da Fonseca; Biblioteca Nacional, 1935
-- Cronologia Pernambucana - Nelson Barbalho de Siqueira Cavalcanti, 17 volumes - Centro de Estudos de História Municipal - Recife,
    1982
-- Enciclopédia dos Municípios Brasileiros - Jurandir Pyres Ferreira - 1908
-- Caboclos do Orubá. de Nelson Barbalho de Siqueira Cavalcanti. Centro de Estudos de História Municipal - FIAM, Recife, 1977
-- Dicionário das Famílias Brasileiras - Carlos de Almeida Barata
-- A Família Uchoa - Boulanger de Albuquerque Uchoa
-- Jaboatão dos Meus Avós - Van Hoeven Ferreira Velloso - 2a. Edição - Centro de Estudos de História Municipal - Recife, 1983
-- João Paes do Cabo - O Patriarca, Seus Filhos, Seus Engenhos - Gilberto Osório de Andrade, Rachel Caldas Lins - Editora
    Massanganha, Recife - 1982
-- History of Brazil - Robert Southey - London, 1817 - Arquivo .pdf disponível em http://www.Googlebooks.com
-- Histórias do Cabo - Luiz Alves Lacerda - 1996
-- História de São Lourenço da Mata - 2a. Edição - José de Albuquerque Maranhão, São Lourenço da Mata, 1981
-- História de Lagoa dos Gatos - 1o. Volume - Centro de Estudos de História Municipal - Recife, 1981
-- História de Garanhuns - Alfredo Leite Cavalcanti - Garanunhs, 1968
-- História das Usinas de Pernambuco - Manoel Correia de Andrade - Editora Massangana - Fundação Joaquim Nabuco - Recife, 1989
-- Catálogo Genealógico das Principais Famílias... - Frei Antônio de Santa Maria Jaboatão - 1768
-- Dra. Maria Amélia Cavalcanti de Albuquerque - Prof. Ruy João Marques - Faculdade de Medicina de Pernambuco - Editora da UFPE -
   Recife, 1983
-- Ascendência e Descendência de Joaquim de Sousa Cavalcanti - Norma de Almeida Torres Cavalcanti - Recife, Editora do Autor -  
   2007
-- A Família Maranhão - do Cunhaú a Matary - Paulo Maranhão - Comunigraf Editora, Recife - 2001
-- Medo de Criança - Dulce Chacon - Universidade Federal de Pernambuco - Editora Universitária - Recife, 1979
-- Município de Arcoverde (Rio Branco) Cronologia e Outras Notas - Luiz Wilson - Centro de Estudos de História Municipal - Recife,
-- Moxotó Brabo - Ulysses Lins de Albuquerque - Editora Livros Organização Simões - Rio de Janeiro, 1960
-- Tres Ribeiras - Reminiscências do Sertão - Editora José Olympio - Rio de Janeiro, 1971
-- Senhores de Engenhos e Usineiros - a Nobreza de Pernambuco - Severino Moura
-- Nobiliarquia Mamanguapense - Marcos Cavalcanti de Albuquerque - João Pessoa - 2008
-- Nobiliário de famílias de Portugal - Felgueiras Gaio. - [Braga] : Agostinho de Azevedo Meirelles : Domingos de Araújo Affonso,
   1938-1941 (Braga : Pax. - 17 v. : il. ; 30 cm - Impressão diplomática do original manuscrito, existente na Santa Casa da Misericórdia
   de Barcelos - Disponível em: http://purl.pt/12151 -
-- O Rio Formoso - Carlos Xavier Paes Barreto - 2a. Edição - Gráfica Editora Aurora Ltda. - Rio de Janeiro, 1955
-- Os Primitivos Colonizadores Nordestinos - Carlos Xavier Paes Barreto (parcial - páginas 36 a 121 - arquivo .pdf)
-- Orlando Cavalcanti - Gente de Pernambuco - Instituto Arqueológico, Histórico e Geográfico de Pernambuco - Editora da UFPE
-- Pesqueira e o Antigo Termo de Cimbres - José de Almeida Maciel - Vol 1 - Centro de Estudos de História Municipal - Recife, 1980
-- Estante do Nelson- de José Nelson Bessa Maia (1) - família Bessa - arquivo famili02.pdf de Francisco Augusto Araújo Lima.
-- Russas - 200 anos de Emancipação Política - Limério Moreira da Rocha - Fortaleza, Banco do Nordeste - 2001
-- Um Senador de Pernambuco - Breve biografia de Antonio de Barros Carvalho - de Geraldo Mello Mourão (4) - Topbooks Editora
-- Manuscrito de Francisco Cavalcanti de Albuquerque, neto de Domingos Gonçalves Freire e Leonor da Cunha Pereira.
-- Memórias, com a colaboração de familiares e amigos